Em noite de festa, Sambanet premia os melhores do Carnaval 2015

Por Kaio Sagaz

 Com a quadra da Unidos da Tijuca lotada, o Sambanet realizou no último sábado a sua tradicional festa de premiação para contemplar os melhores dos grupos A, B e Especial do Carnaval do Rio de Janeiro.

quadracheia_fredsoares
A quadra da Unidos da Tijuca foi palco da 17° edição do Sambanet – Foto: Fred Soares

A noite contou com a presença de várias estrelas do cenário carnavalesco. A escola de samba recordista de troféus foi a Unidos de Padre Miguel, que recebeu quatro prêmios. Carnavalesco que assinou o último desfile da agremiação, Edson Pereira subiu ao palco para a homenagem e agradeceu o reconhecimento pelo trabalho realizado.

Escola da Série A, a Unidos da Padre Miguel foi a maior vencedora da noite, com quatro troféus. O carnavalesco Edson Pereira festejou no palco - Foto: Felipe Araújo
Escola da Série A, a Unidos da Padre Miguel foi a maior vencedora da noite, com quatro troféus. O carnavalesco Edson Pereira festejou no palco – Foto: Felipe Araújo

– É fundamental ganhar o Sambanet, ainda mais com a Padre Miguel. Fazer um bom papel não te garante o título no Sambódromo, mas te traz notoriedade e essa noite me faz ter vontade de fazer sempre mais e melhor – comentou o artista, que atualmente também é carnavalesco de outra escola de Padre Miguel, a Mocidade.

sambanet-77
Campeão em dose dupla! O carnavalesco Leandro Vieira posa orgulhoso com os prêmios que recebeu – Foto: Felipe Araújo

Vencedor de dois troféus, um na categoria revelação e outro pelo melhor enredo (“Na minha mão é mais barato”), pela Caprichosos de Pilares, Leandro Vieira acredita que receber o Sambanet tem um gosto especial:

– O júri daqui tem um entendimento muito grande, é formado por especialistas de verdade. Ser indicado como destaque da Série A me dá orgulho, pois a disputa é mais acirrada do que no Especial. Não conheço muita gente do meio do samba, então ninguém pode me cobrar mais do que eu – declarou o artista, que em 2016 estreará como carnavalesco do Grupo Especial pela Estação Primeira de Mangueira.

Emocionados, Selminha Sorriso e Claudinho seguram os troféus de melhor casal de mestre-sala e porta-bandeira do Especial - Foto: Felipe Araújo
Emocionados, Selminha Sorriso e Claudinho seguram os troféus de melhor casal de mestre-sala e porta-bandeira do Especial – Foto: Felipe Araújo

Par de Selminha Sorriso na Beija-Flor há 20 carnavais e bastante habituado com homenagens, o mestre-sala Claudinho viveu nova emoção ao receber, ao lado da parceria de longa data, o troféu de melhor casal.

– Deus abençoou, e chegou a hora. Estou muito lisonjeado por estar nessa festa maravilhosa, em um evento tão consagrado e recebendo um prêmio tão importante como esse. Faltava isso no meu currículo – festejou Claudinho.

O coreógrafo da comissão de frente do Salgueiro, Hélio Bejani, comemora o troféu com um beijo na amada - Foto: Felipe Araújo
O coreógrafo da comissão de frente do Salgueiro, Hélio Bejani, comemora o troféu com um beijo na amada – Foto: Felipe Araújo

O Salgueiro também não saiu de mãos abanando. Apresentando sua premiada comissão de frente aos convidados, o coreógrafo Hélio Bejani fez uma interessante analogia ao falar da relevância do evento:

– Hoje é o Réveillon do Carnaval. Agora sim o ano começa. É um prêmio popular, vencê-lo é sensacional, mas comemoramos com responsabilidade. Além de tudo, é um reencontro com amigos do mundo do samba.

A festejada carnavalesca Rosa Magalhães
A festejada carnavalesca Rosa Magalhães também prestigiou o evento e foi uma das vencedoras do prêmio com a São Clemente – Foto: Felipe Araújo

A 17ª edição do Sambanet foi promovida com o apoio de empresas parceiras do Carnaval carioca, entre elas o Sambarazzo, que, entre as ações promovidas na festa, instalou totens com fotos de algumas beldades que já brilharam por aqui. As imagens fizeram sucesso entre os convidados, que só terminaram de curtir o evento por volta das 5h da manhã.

Confira a lista de vencedores do Sambanet 2015:

Sambanet

Veja mais fotos do evento!