Gafe! Presidente da Santa Cruz agradece à Odebrecht e se enrola: ‘Infelizmente’

Por Fábio Klotz e Rafael Arantes

Uma gafe marcou o discurso do presidente da Acadêmicos de Santa Cruz no ensaio técnico deste sábado, 28, na Marquês de Sapucaí.

Ao agradecer patrocinadores da escola, Moysés Antônio Coutinho, o Zezo, mencionou meio “sem querer” a empreiteira Odebrecht (envolvida na Operação Lava-Jato, que investiga um esquema bilionário de desvio e lavagem de dinheiro envolvendo grandes empresas) como uma das parceiras da verde e branco da Zona Oeste para este Carnaval.

Zezo agradeceu aos parceiros que colaboram com a Santa Cruz, entre eles, a Odebrecht | Foto: Irapuã Jeferson

– Queria agradecer ao Supermercado Guanabara, ao meu amigo Emílio Guaracamp, à CSA, à Top Rio, à Odebrecht, infelizmente…, mas é parceira, e à Supervia, que nos deu condição de estar aqui com o seu trem – discursou o presidente.

Um dos principais alvos de investigação da operação de combate à corrupção, a Odebrecht está em maus lençóis. O presidente, Marcelo Odebrecht, está preso. A delação dele é uma das mais aguardadas e temidas no mundo da política. Ele e outros executivos buscam acordos na Justiça para atenuar a pena de prisão, relatando os esquemas que eram realizados pela companhia, ação que foi apelidada de “delação do fim do mundo”.

– A SuperVia é uma grande amiga. Não parou de nos apoiar em momento algum. Se todos os empresários pensassem igual a eles, o Carnaval estaria bem melhor – declarou Zezo ao Sambarazzo.

Colaboraram: Eduardo Senra e Irapuã Jeferson