Nada se cria? De volta à Sapucaí, mestre Átila critica: ‘As baterias estão todas iguais’

Por Rafael Arantes

Foram cinco anos afastado do mundo do samba como mestre de bateria, até que Átila Gomes retornasse à ativa. Este ano, o veterano sambista vai comandar os ritmistas da Acadêmicos do Sossego, da Série A, e quer mostrar que a confiança no seu retorno valeu a pena.

– As baterias estão muito iguais, volto a bater nessa tecla. Eu vim querendo fazer diferente, vou arriscar tudo – promete.

Mestre Átila estreia no comando da bateria da Acadêmicos do Sossego, que ensaia neste sábado, 28, na Sapucaí | Foto: Rafael Arantes/Sambarazzo

A volta à Passarela do Samba faz o experiente mestre, que faturou o Estandarte de Ouro quatro vezes (2002, 2004, 2007 e 2009),  relembrar os primeiros anos no posto, ainda no Império Serrano, de onde foi presidente por três carnavais.

– Estou muito feliz, me sentindo uma criança. Voltei depois de muito apoio e incentivo dos amigos. Essa oportunidade foi muito especial pra mim – completou o diretor dos percussionistas da azul e branco.

A Sossego será a primeira a desfilar na Sexta-feira de Carnaval, dia 24 de fevereiro.

Leia também:

Boa, bonita e barata! Na falta de Zezé Motta, musa rouba a cena com roupa de R$ 500

 

Faltou! Enredo da Sossego, Zezé Motta não ensaia com escola, que criou tripé para atriz

Presidente da Sossego, pela 1ª vez na Série A, pede aos componentes que pensem grande