Paradise of Tuiuti! ‘Tô me sentindo presidente dos Estados Unidos’, diz Thor

Por Luiz Felippe Reis

Achar os caminhos para quebrar o tabu de cinco anos da rebaixada ser sempre a escola que acabou de subir da Série A é tão difícil que deveria ser missão para a CIA – a Agência Central de Inteligência do governo americano.

Não exatamente por esse motivo, o presidente Renato Thor, da Paraíso do Tuiuti, que é a atual campeã do Acesso e recém-chegada ao Especial, tá se achando o próprio Donald Trump, chefe do executivo eleito pelo povo dos Estados Unidos em novembro passado, para romper a escrita e manter a escola de samba no pelotão de elite do Carnaval carioca.

‘Tô me sentindo o presidente dos Estados Unidos”, brincou Thor no ensaio técnico da Tuiuti – Foto: Irapuã Jeferson

– É o momento da minha vida. Eu, nascido e criado no Tuiuti, uma criança inocente e chegar num topo como esse? Pô, é um dos melhores momentos que eu já vivi. Tô me sentindo o presidente dos Estados Unidos – brincou Thor, durante o ensaio técnico da Tuiuti na Sapucaí neste domingo, 15.

Dizer que se sente o presidente dos EUA é a forma bem-humorada que Thor encontrou para brincar com a situação de extrema importância para Tuiuti e pra ele. Afinal, são 16 anos fora do Especial. O investimento para o Carnaval que se aproxima, no entanto, não tem nada de brincadeira.

– Não tô poupando. Tô investindo o que eu tenho e não tenho. Eu amo essa cultura. Bota na cabeça de vocês, vai ser um carnaval maravilhoso da Tuiuti – prometeu o dirigente.

A Tuiuti abre os desfiles do Grupo Especial no Domingo de Carnaval, com o enredo “Carnavaleidoscópio Tropifágico”, desenvolvido por Jack Vasconcelos.