Rodou! Rainha de bateria perde posto e dispara: ‘Entrou quem pode pagar’

Por João Paulo Saconi

Não chegou nem perto! Alessandra Mattos, rainha de bateria da Inocentes de Belford Roxo, não vai mais desfilar à frente dos ritmistas da agremiação. A coroa, que ela não chegou a ganhar, seria entregue no ensaio técnico da escola, marcado para 10 de janeiro, na Marquês de Sapucaí, e agora será entregue a alguma outra beldade.

Alessandra Mattos_Reprodução Facebook
Perdeu! Alessandra Mattos, que já brilhou por quatro escolas (União do Parque Curicica, Porto da Pedra, Estácio de Sá e Império da Tijuca), não vai mais ser rainha da Inocentes – Foto: Reprodução/Facebook
Quem comunica a saída é a própria Alessandra, que se diz triste por não poder mais reinar com a bateria comandada por mestre Washington Paz. Ela garante que sai pela porta da frente, mas não poupa uma alfinetada na direção da tricolor da Baixada Fluminense. Segundo a rainha destronada, que já revelou ser capaz de pagar por uma vaguinha no Grupo Especial, a nova dona do cobiçado posto será alguém capaz de desembolsar uma grana para garantir a posição de destaque mais disputada entre a mulherada.

– Falar que estou feliz em deixar o cargo… estarei mentindo. É com muita tristeza que venho comunicar meu desligamento da Inocentes de Belford Roxo como rainha de bateria. Tinha o carinho da minha bateria e da comunidade. Mas não vou vir aqui falar mal, como as rainhas que são destronadas. A escola está passando por dificuldades e precisou de ajuda financeira. Entrou quem pode pagar. Saio pela porta da frente e, quem sabe um dia, eu possa voltar – revela Alessandra ao Sambarazzo.

“A escola não precisa de nada dela”, diz o presidente

O presidente da Inocentes, Reginaldo Gomes, relata que Alessandra não cumpriu os compromissos – que ele prefere não especificar quais são – estabelecidos entre ela e a escola. Garantindo que ainda não pensou num novo nome para ocupar o posto, o mandachuva ressalta que a questão do afastamento da loura não tem a ver com dinheiro.

– Ela assumiu alguns compromissos, e não vinha cumprindo. Fomos dando prazos… Prefiro não falar quais eram os compromissos. A gente ia comunicar a saída dela, e ela se antecipou. Está dizendo que tem crise financeira na escola, não tem crise nenhuma. A crise é no país, todo mundo está com problemas. A escola não precisa de nada dela – dispara o presidente.

Entre os motivos que causaram a saída, Reginaldo também aponta uma reportagem de Alessandra publicada num jornal.

– Outra coisa que trouxe desconforto foi uma entrevista que ela deu dizendo que gastaria R$ 60 mil reais com a fantasia. Não explicou de onde viria esse dinheiro. Isso rendeu muitas críticas, estamos num momento difícil pra todo mundo. Recebemos críticas nas nossas mídias sociais – reclamou o dirigente, que ainda não definiu quem será a rainha da Inocentes para 2016.