Por Redação

Porta-bandeira da Beija-Flor de Nilópolis, Selminha Sorriso chegou às 6h40 desta terça-feira, 27, para o velório do marido Marcos Falcon, presidente da Portela que foi assassinado na tarde de segunda, 26, no comitê de campanha em Madureira – o dirigente era candidato a vereador do Rio pelo Partido Progressista (PP).

Muito abalada, a dançarina, que estava há 10 anos com Falcon e planejava casar e ter filho com o subtenente da PM, foi amparada por amigos na quadra da Portela, local do velório, que será aberto ao público somente a partir das 8h.

selminha_sorriso_velorio_marcos_falcon_irapua_interna2

selminha_sorriso_velorio_marcos_falcon_irapua_interna3

selminha_sorriso_velorio_marcos_falcon_irapua_interna4

selminha_sorriso_velorio_marcos_falcon_irapua_jeferson_interna1
Amparada por amigos e familiares, Selminha se despede de Falcon | Fotos: Irapuã Jeferson/Sambarazzo

– Um homem que tem a oportunidade de ser pai dignamente e tem como mulher a Selminha, tão companheira, parceira e maravilhosa, não tem como não pensar em ser pai novamente – disse Falcon, numa de suas entrevistas ao Sambarazzo, ao declarar o amor pela companheira de longa data.

Em ato de desespero, Selminha deixou a quadra desacompanhada e, desnorteada, foi andar pelas ruas de Madureira. A PM foi atrás da porta-bandeira e conseguiu levá-la de volta à sede portelense.

Aos 52 anos, Falcon deixa oito filhos e netos.

Rainha de bateria da Portela, Patricia Nery também já está na quadra para se despedir de Falcon. O sambista Marquinhos de Oswaldo Cruz foi outro a se despedir de Falcon, assim como a porta-bandeira Danielle Nascimento.

O enterro será às 16h no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio. O corpo deixará a quadra às 15h e a Portela disponibilizará três ônibus para levar componentes e admiradores até o cemitério.