Carnavalesco sonha com Gonzaguinha, mas Estácio tenta enredo patrocinado

Por Redação

Pra fazer valer o seu amor, pra fazer valer o seu suor em 2017, a Estácio de Sá segue em busca do melhor enredo possível para o próximo Carnaval. Mas, por enquanto, o tema continua sendo um divino mistério profundo.

O certo é que no próximo domingo, 3, durante a feijoada da vermelho e branco vai todo mundo ficar sabendo o que é o que é esse enredo. Enquanto a diretoria corre atrás de um patrocinado visando se capitalizar para passar um ano mais suave, o carnavalesco Chico Spinosa, numa atitude repleta de amor, quer uma homenagem ao cantor e compositor Gonzaguinha.

Gonzaguinha
Gonzaguinha é uma das principais opções de enredo na Estácio de Sá: “É o que eu quero”, opina o carnavalesco Chico Spinosa – Foto: Reprodução/Internet

Pelo sopro do criador, a narrativa deveria ser sobre a vida e obra de Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, o Gonzaguinha, que morreu há 25 anos, mas eternizou o nome nos quadros dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos.

– Eu tô em São Paulo. Volto pro Rio, e a gente vai definir com a escola. Vai definir no domingo. O Gonzaguinha é o que eu quero, mas a escola ainda tá vendo um outro enredo patrocinado – conta Chico Spinosa, que divide o comando dos trabalhos artísticos com o carnavalesco Tarcísio Zanon.

Chico Spinosa garante desfile grandioso da Estácio no Carnaval 2016 | Foto: Sambarazzo
Chico Spinosa vai para o segundo ano seguido na Estácio de Sá | Foto: Sambarazzo

Com o enredo que der, puder, ou quiser, a Estácio de Sá, de Chico e Tarcísio, se prepara para tentar voltar ao Grupo Especial. Em 2016, o Leão ficou com o 12° lugar na elite e acabou rebaixado à Série A.