Depois de um longo mês sem feriados, o descanso dos justos coroa a Páscoa dos sambistas. Como se não bastasse o recesso, a data ainda tem tudo para deixar o povo do samba com água na boca. Enganados, no entanto, os que pensaram em chocolate. No final de semana que antecede as feijoadas em homenagem a São Jorge, quem é bamba só pensa em uma coisa: Luana Bandeira. A rainha de bateria da Estácio de Sá é a estrela do novo ensaio sensual do Sambarazzo

Dá pra comer chocolate e manter a forma

Luana posou para as lentes de Michele Iassanori coberta de chocolate e embrulhada no papel-chumbo, de presente para você. O cabelo foi transformado num incrível brigadeiro, com acabamento granulado, deixando o corpo da rainha com o delicioso cheiro do cacau. O delicioso doce não é proibido para a moça, mas, para manter o corpão, a academia é destino certo depois da saborosa sobremesa.

– Adorei o ensaio. As fotos ficaram ótimas, a Michele é maravilhosa, tem um olhar especial. Adorei o tema, amo chocolate. Tenho que me policiar por conta do meu corpo, mas como sempre que posso. O custo é caro, preciso de toda uma equipe pra me ajudar a manter a forma. Treino três vezes na semana com personal. Agora entrei no crossfit também, faço duas vezes por semana. Ainda rola uma clínica de estética, pra limpeza de pele – revela a gata, de 28 anos. 

“O ‘Caldeirão’ é mais fácil”

Rainha de bateria por amor à escola, Luana vai para o seu décimo carnaval na Estácio de Sá, o sexto como rainha. Fora da quadra, a beldade trabalha como assistente de palco no programa “Caldeirão do Huck”, da TV Globo. A pressão de estar diante das câmeras, entretanto, é bem diferente daquela sentida na pista de desfiles. A preparação para a folia exige mais do que os cuidados com o corpo que encanta os telespectadores de Luciano Huck. A líder da bateria “Medalha de Ouro” conta seu segredo.

– Eu acho que tiro as duas de letra, mas o ‘Caldeirão’ é mais fácil. Tenho que estar pronta pra ajudar nos quadros, mas é uma cobrança diferente. Na Avenida, a responsabilidade é maior, é uma emoção muito grande. A gente vai se acostumando, o importante é se dedicar. Rainha também faz diferença. Tem que apresentar a bateria, tem que saber os desenhos, estar sincronizada pra fazer igualzinho e ficar bacana. Me inspiro na Viviane Araújo e na Juliana Alves, elas dão show nesse quesito – conta Luana.

Não é desculpa!

Segundo Luana, conciliar a rotina de ensaios e gravações não é tarefa complicada.

– Gravamos duas vezes na semana, às vezes uma só. Quando estou em outro estado, preciso faltar a um ensaio ou outro. Gosto de estar presente – diz a rainha, que desfila na Estácio de Sá desde os 18 anos.

Cantadas com chocolate já estão batidas

Os mais empolgados com o ensaio têm de pensar duas vezes antes de falar com a gata – as cantadas com chocolate já estão batidas. Luana é uma moça séria e pede mais originalidade. O bom humor é bem-vindo, mas o respeito deve estar sempre em primeiro lugar.

– Já ouvi um milhão de gracinhas desse tipo. Tem cara que exagera, falta com o respeito, e a gente fica chateada, não gosto mesmo. Quando é bacana, levo na boa, rola até uma risadinha. Mas ninguém me conquista com piadinha, não. Precisa de bem mais que isso – avisa.

BATE-PAPO

Nome: Luana Bandeira

Idade: 28

Signo: Sagitário

Local de nascimento: Rio de Janeiro

Bairro onde mora: Santa Teresa

Casa ou apartamento? Casa

Mora com quem? Meus três irmãos

Filhos? Não

Profissão: Assistente de palco

Cor preferida: Vermelho

Animal de estimação: Cachorro

Livro: A Bíblia

Filme: “A Múmia”, de Stephen Sommers

Um homem: Meu pai

Uma mulher: Minha mãe

Religião: Espírita

Novela: “Avenida Brasil”, de João Emanuel Carneiro

Um Samba: “A Dança da Lua”, Estácio de Sá (1993)

Grife: Não ligo pra marca

Não uso nunca: Anabolizantes

Perfume: O que me agradar

Não saio de casa sem: Celular

Carro que tem e o que gostaria de ter: Gostaria de ter um Nissan Kicks

Cantor: Belo

Cantora: Beyoncé

Música: “Trem Bala”, da Ana Vilela

O que eu quero: Paz

O que eu não quero: Violência

Gosto de ir: Teatro

Não gosto de ir: Médico

Time: Flamengo

Programa de TV: “Caldeirão do Huck”, da TV Globo

Se não fosse rainha de bateria, que outra função gostaria de exercer numa escola de samba? Porta-bandeira

Texto: Caio Peçanha
Fotografia:
 Michele Iassanori
Produção, figurino e maquiagem: Jorge Abreu
Making of vídeo: Alexandre Maranhão/Cabecidade