Cid detona promessas de patrocínio; Dudu Nobre lembra saída polêmica da Mocidade… Eles soltam o verbo

Dudu-Nobre-capa-certa
Foto: AgNews

“O Andrezinho saiu, a minha irmã (porta-bandeira Lucinha Nobre) também, por questões financeiras. A gente tem que receber. A gente vive de arte. O profissional do Carnaval tem que ser respeitado, do mesmo jeito a costureira, o soldador, o ferreiro. A garota ficou oito meses sem receber, com prêmios de 2014 por receber. Ela tinha atrito lá, saiu, e eu perdi o samba, e o caldo entornou. E aí, não tinha como ficar na Mocidade… Não tô aqui reclamando, perder faz parte do jogo. Não concordo com o samba que ganhou em 2015. Adoro todos da parceria. Mas não concordei. “

Dudu Nobre, cantor e compositor, sobre a saída da Mocidade em 2015.

———————————————————

cid-09-dest

“Tem muita conversa fiada, muito blá, blá, blá, patrocínios de valores exorbitantes e que nunca se confirmaram. Prefiro jogar o jogo realista, é o jogo pé no chão. Diz que não tem. Se você não tem dinheiro pro filé mignon, faz um arroz com feijão, ovo frito bem temperado, o povo vai gostar. Aí, fica esse blá, blá, blá antigo e que não se confirma”

Cid Carvalho, carnavalesco da Cubango, sobre patrocínios que ficam só na promessa e dão a famosa volta em algumas escolas de samba.

———————————————————

Capa Rosa
Foto: Rafael Arantes

“Hoje tive prova de História da Arte na faculdade no qual havia uma pergunta sobre Luis XIV e o Palácio de Versalhes, por sorte li a sinopse da São Clemente hoje. Obrigado, São Clemente, por fazer eu gabaritar a prova”

Lucas Ferreira Monteiro, aluno que tirou nota 10 por causa da sinopse da São Clemente, ao agradecer o texto da carnavalesca Rosa Magalhães, que explicou o enredo “Onisuáquimalipanse”

———————————————————

11060294_1105709562796045_1912594546161873756_o
Foto: Facebook

“Eu tinha acabado de fazer uma cirurgia e descobri que estava grávida, e tive que sair da Curicica para outra pessoa assumir, e veio essa triste notícia, mas são coisas da vida. Eu e Lolo temos toda a vida pela frente. Até pela idade, eu penso nisso, e vai ser na hora que papai do céu quiser”

Mara Rosa, porta-bandeira da Curicica, sobre a gravidez do ano passado, a perda do bebê e os planos de ainda ser mãe.

———————————————————

Fernando Horta_siteUnidosdaTijuca3

“O pessoal aqui tem dinheiro, por isso viajam para os EUA”

Fernando Horta, presidente da Unidos da Tijuca, sobre a viagem que os carnavalescos da comissão de carnaval da escola fizeram para o país norte-americano. Em entrevista ao site Carnavalesco.

———————————————————

Matheus-e-Squel-2-capa

“Bato cabeça pra a minha escola, porque olhou pra própria casa, não buscou ninguém de fora, olhou pra quem tá lá ralando, pra quem ama aquilo lá, pra quem vai dar sangue, pra quem vai dar a vida”

Matheus Olivério, mestre-sala da Mangueira, ao comentar a decisão da diretoria em apostar numa prata-da-casa mangueirense.

———————————————————

Dudu-Nobre-capa“Perdi alguns sambas na maioria das vezes por causa do meu nome.Você bota o samba, perde o samba, vendo que o samba era o melhor, e de repente o povo fala: ‘Pô, perdeu porque não tem raiz aqui dentro”. Sabe? As pessoas defendem o samba-enredo como se fosse um feudo, as escolas viram um feudo, as pessoas querem ficar ali. Se vier alguém de fora, junta todo mundo contra quem vem de fora.”

Dudu Nobre, cantor e compositor, ao comentar uma certa discriminação que sofre nas alas de compositores por ser famoso.

———————————————————

Odilon-telefone-capa

“Ficou só pelo telefone mesmo, não foi nada firme, não. Não tivemos mais nenhuma conversa. Acho que foi mais para conhecer mesmo. Não vai rolar”

Odilon Costa, mestre de bateria, sobre o “namoro” que teve com a Vila Isabel para o Carnaval 2017. O próprio Walan, mestre da Vila, ligou para o experiente diretor o convidando para tocar a Swingueira de Noel com ele. Mas a negociação não teve seguimento.

———————————————————

severo-capa

“Sinalizei um enredo afro que a comunidade tem pedido, mas a escola também acenou a possibilidade de um enredo patrocinado. Me pediram para aguardar”

Severo Luzardo, carnavalesco da União da Ilha, sobre as conversas que tem tido com a diretoria da tricolor para finalmente definir o enredo de 2017. A entrevista foi dada ao site Carnavalesco

———————————————————

979e22c9-2e04-4406-a607-aca11b44e636

“Ele me surpreendeu bastante, pois eu tinha uma imagem de um jeito e ele se mostrou extremamente humilde, uma pessoa maravilhosa, com o coração muito bom. Fiquei, sim”

Ana Cristina, musa da Mangueira e rainha da Mocidade Unida do Santa Marta, ao admitir um affair, que rolou ano passado, com o ator Henri Castelli.

———————————————————