Conformado! Presidente da Imperatriz não vai virar a mesa: ‘Perdi’

Por Eduardo

Presidente da Imperatriz Leopoldinense, Luiz Pacheco Drumond recebeu de forma pacífica e educada a derrota da escola, penúltima colocada do Carnaval 2019 e rebaixada para a Série A junto com o Império Serrano.

— Não vai ter virada de mesa. Perdi — assegurou Luizinho.

Sobre possíveis mudanças na equipe, o dirigente prefere esperar.

— Pra quê mudar agora? O Carnaval é daqui a um ano. Nem sei se eu vou ficar — completou.

Rafaela Theodoro, primeira porta-bandeira da escola, também falou com serenidade sobre a queda e admitiu problemas no desfile. O quesito que defende perdeu três décimos:

— Agora é esperar as justificativas e entender o que pode ter acontecido. Tivemos problemas, sim. Mas acho que fomos um pouquinho massacrados. Não adianta chorar agora. É trabalhar pro ano que vem.