Dançarina do ‘Esquenta’, Chaveirinho é a nova musa do Império Serrano

Por Redação

O Império Serrano terá uma autêntica craque no quesito samba no pé em seu desfile de 2017, quando tentará o título da Série A. A estreante na verde e branco é bastante conhecida por quem acompanha atentamente o time de beldades que cruza a Marquês de Sapucaí todo ano: Graciele Souza, de 33 anos, que, por distribuir sua formosura em apenas 1,56m de altura, tem o carinhoso apelido de Chaveirinho.

Chaveirinho
Graciele Souza, a Chaveirinho, é a nova musa do Império Serrano – Foto: Arquivo pessoal
A moça, moradora de São João de Meriti, Baixada Fluminense, estreou no Carnaval como componente da ala das crianças da Unidos da Ponte, agremiação que hoje integra o Grupo de Acesso B. Cresceu, virou passista. Requebrou pela Acadêmicos do Grande Rio por quatro anos, até passar a integrar a ala de passistas da Beija-Flor, onde brilhou por seis desfiles. Em 2014, foi eleita princesa do Carnaval.

No ano seguinte, estreou como musa na Inocentes de Belford Roxo, de onde se desligou há poucos dias depois de dois anos no posto, após receber o convite do Império Serrano através da presidente Vera Lúcia e de Rildo Seixas, braço direito da dirigente.

Clique aqui e veja o ensaio sensual exclusivo de Chaveirinho para o Sambarazzo!

chaveirinho 2
A bela já estrelou o Ensaio Sensual do Sambarazzo, em janeiro deste ano – Foto: Michele Iassanori
– Fiquei honradíssima com o convite para ser musa do Império. Venho de uma família de imperianos. Meu tio, Wander Timbalada, intérprete e compositor, vibrou com a novidade. Foi através dele, aliás, que conheci, ainda na infância, o talento de um grande imperiano, o Roberto Ribeiro. Meu tio vivia cantando pra mim alguns sambas que o Roberto Ribeiro gravou, como ‘Estrela de Madureira’ , ‘Acreditar’ e ‘Todo menino é um rei’, só pra citar alguns. Meu tio, que é sobrinho de um compositor que já venceu disputas de samba na escola, o Beto Pernada, sempre diz que o Roberto Ribeiro é um dos grandes imortais do Império. E eu concordo. Sou muito fã da obra dele – revela.

Além do tio Wander, a quem Chaveirinho costuma definir como “imperiano roxo”, ela tem na mãe, Maria da Graça, outra torcedora da escola e fã de Dona Ivone Lara. Mas a chegada à verde e branco tem ainda a aprovação do filho único de Chaveirinho, o David Lucas, de 15 anos.

– Este ano assisti com ele e com minha mãe os desfiles da Série A. O David vibrou tanto com o desfile do Império que, na hora, disse que a partir daquele momento também seria torcedor da escola. Então posso dizer que aqui em casa está uma vibração coletiva – diz, entusiasmada, a mulata, que é dançarina profissional e fez parte do elenco de beldades do dominical da TV Globo “Esquenta”, de Regina Casé, de 2011 até a última edição, em dezembro do ano passado.

Chaveirinho também se rasga em elogios à nova escola.

– O Império Serrano é uma escola que retrata a alma do sambista carioca. Tem 12 títulos (incluindo três no Acesso), é uma escola tradicional, tradicionalismo que me encanta. É muita responsabilidade representar a verde e branco – conclui a nova musa imperiana.