Despedida! Carnavalesco Paulo Barros chora muito no adeus a Falcon

Por Redação

Carnavalesco da Portela, Paulo Barros chegou cedo à quadra da escola, por volta das 7h10 desta terça, 27, para se despedir do patrão e amigo Marcos Falcon, presidente da azul e branco de Oswaldo Cruz e Madureira que foi assassinado na última segunda, 26. Paulo permaneceu por alguns minutos ao lado do caixão com o corpo do dirigente, que está coberto com uma bandeira da agremiação, um chapéu panamá e um quepe da Polícia Militar – Falcon era subtenente da PM.

Antes do Carnaval deste ano, o primeiro em que fez parte do quadro de funcionários portelense a convite de Falcon, o artista falou ao Sambarazzo sobre a relação com Falcon, que, na época, ocupava o cargo de vice-presidente.

– Quando se olha pra essa Águia, a gente identifica a beleza, a força, tudo aquilo que a Portela é, principalmente por eu ter sido recebido de uma maneira tão carinhosa pelo mestre Monarco, pelo mestre Noca, pela Tia Surica enfim… por toda a Portela. E pelo vice-presidente, que, até hoje, respeitou todo o meu trabalho, e isso pra mim, independentemente do resultado do desfile… A Portela faz parte da minha história – afirmou Paulo Barros.

paulo_barros_velorio_marcos_falcon_irapua_jeferson_interna1

paulo_barros_velorio_marcos_falcon_irapua_jeferson_interna3

paulo_barros_velorio_marcos_falcon_irapua_jeferson_interna4
Paulo Barros se despede de Marcos Falcon na quadra da Portela | Fotos: Irapuã Jeferson/Sambarazzo

O corpo de Falcon está sendo velado na quadra da Portela nesta terça, até às 15h. O enterro será no Cemitério Jardim da Saudade às 16h, em Sulacap, na Zona Oeste. A agremiação decretou luto oficial de dez dias e disponibilizará três ônibus para levar componentes até o cemitério.