Por Redação

“Independentemente da posição de desfile, vamos fazer o nosso melhor”. Esse é o discurso de 10 entre 10 dirigentes ao falar sobre uma eventual má sorte no sorteio da ordem dos desfiles. Mas a real é que quase todo mundo prefere a Segunda-Feira de Carnaval. E neste sábado, 15, a Liga Independente das Escolas de Samba, a Liesa, realiza mais uma definição na sorte da ordem das apresentações da festa que se aproxima.

A preferência pelo segundo dia reservado aos desfiles do Grupo Especial carioca passa longe de uma mera superstição. As estatísticas mostram que a Segunda-Feira gera incontestáveis melhores colocações, no geral.

Vejamos! Na Era Sambódromo foram 37 campeãs. Trinta delas (81%) saíram da Segunda, apenas sete (19%) de Domingo, em mais de 30 anos de Avenida. Só aí já dá para justificar a predileção tão aguerrida pela última noite de festa.

Na atual década (2011-2020) não tivemos campeãs no Domingo. A última foi a Unidos da Tijuca, em 2010. Antes, a Vila Isabel, em 2006, foi a exceção da regra. Nos anos 1990, Mocidade (1996) e Imperatriz (1994) quebraram a corrente. Na década anterior, Mangueira (1987), Mocidade (1985) e Portela (1984) conseguiram levar o caneco, mesmo no Domingão.

E tem ainda o fator rebaixamento. De 1984 até aqui, foram 54 rebaixadas; 41 (75%) desfilaram no Domingo de Carnaval, outras 13 (ou 25%) passaram na Segunda. E o número poderia ser ainda mais expressivo. Em todos os anos que não houve rebaixamento (1988, 1993, 1994, 2011 e 2017) a última colocada desfilou no dia de abertura dos desfiles.

Entre as seis primeiras, com Desfile das Campeãs ou sem, a vantagem, é claro, também é da Segunda-Feira sobre o Domingo.  Dos 204 carnavais merecedores de uma vaga entre as seis melhores, 118 (58%) deles vieram do segundo dia de apresentações. Outros 86 (42%) tinham participado do Domingo.

Para o sorteio desta noite, que vai acontecer a partir das 20h, durante a quarta edição da maior feira de negócios do Carnaval, a Carnavália, os pares ficaram definidos da seguinte maneira. Mocidade e Portela; Grande Rio e Salgueiro; Beija-Flor e Mangueira; Imperatriz e Vila Isabel; São Clemente e União da Ilha. As duplas não desfilam no mesmo dia e portanto disputam a primazia de desfilar na Segunda-feira.

Foto de Capa: Site Sasp

 

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

21 + = 30