Por Redação

Pra descobrir uma majestade, a Tradição – escola do Grupo B – resolveu inovar e tá lançando um concurso para escolher a nova rainha de bateria da escola para o Carnaval 2018. A disputa entre as mulheres vai rolar em dezembro, quando o Condor volta com os ensaios técnicos na quadra da agremiação na Intendente Magalhães, no bairro do Campinho, na Zona Norte carioca.

As interessadas só precisam gostar de samba e se apresentar no dia 5/12 na quadra. A taxa de inscrição é R$ 50. Presidente da escola, Raphaela Nascimento, que é ex-rainha de bateria da própria Tradição, já sabe o que quer da futura majestade.

– Hoje em dia ninguém mais faz concurso de rainha, e eu acho importante ter. A essência tá numa menina da comunidade. Fui rainha muitos anos, cresci ali, vive aquilo, e sei o quão importante é sentir e viver a bateria. O intuito é resgatar um pouco isso no Carnaval. A rainha precisa ter samba no pé, postura e tratar a bateria bem. O que a gente leva disso tudo é a amizade dos ritmistas, tem que ter elegância e tratar todo mundo bem – disse Raphaela, presidente há mais de dois anos. Ela é neta do lendário Natal da Portela e assumiu o comando da escola de samba há dois anos e meio.

A única restrição do concurso é para menores de 18 anos. Sendo maior de idade, a inscrição é livre.

– A gente tá botando geral. Todo mundo que queira, que tenha o sonho de ser rainha de bateria que fique à vontade pra se inscrever. Não é só passista, ou só da comunidade – resumiu.

A Tradição desfila na Estrada Intendente Magalhães, do lado de casa, no Campinho, pelo Grupo de Acesso B do Carnaval carioca.

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

+ 14 = 21