Por João Paulo Saconi

Sorte no jogo e sorte no amor. O ditado popular que coloca o sucesso nos relacionamentos como inversamente proporcional ao êxito na carreira parece não fazer sentido diante da trajetória da bela Isabele Gianazza, que estrela o novo ensaio do Sambarazzo. Bem sucedida, a musa da Viradouro já foi rainha de bateria da Rocinha e lançou, há um ano e meio, o próprio negócio em parceria com o marido, o empresário italiano Gian Valério Gianazza, com quem está casada há 10 anos.

Aos 34, a mulata tem uma loja especializada em roupas de cama e utiliza sua experiência com comércio para driblar a crise que vem castigando o país. Mesmo com a rotina atribulada e dividida entre o maridão, a filha Gaia, de 6 anos, e o trabalho, a gata ainda encontra tempo para cuidar do corpaço. Com 1,62 metros de altura e 58kg que ganhou, no começo desse ano, uma turbinada com a nova prótese de 450ml de silicone, ela é daquele tipo de mulher que dificilmente sofre de baixa estima: por onda passa, a beldade arranca elogios. Pensando em fazer bonito no Carnaval, Isabela garante que não leva vida fácil e que não desiste de desfilar, a não ser pela família.

– O samba é um momento meu. Não dá nenhum retorno econômico, eu gasto e invisto, pelo meu prazer pessoal. Trabalho muito, acordo cedo, vou dormir tarde. Tenho funções da casa, do marido e da minha filha. Não sou dondoca, não. Trabalho muito mesmo. Eles seriam meu único motivo para largar minha “vida mundana” – brinca Isabele, que andou cogitando se mudar com a família para a Itália, onde já viveu com o marido, mas ainda não bateu o martelo sobre a viagem definitiva.

Após reinar por dois anos na Rocinha, Isabele não quer voltar a ser rainha

Cria da Rocinha, Isabele ocupou o cargo mais disputado pela mulherada numa escola de samba. Nos carnavais 2012 e 2013, ela foi rainha da bateria “Ritmo Avassalador”, da tricolor de São Conrado, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Apesar dos holofotes que o posto atrai, a empresária não sente vontade de retomá-lo e se diz contente na posição de musa.

– Ser rainha é muito bom, mas eu gosto mais de ser musa. Não tem tanta cobrança, você não gasta tanto e tem o mesmo glamour, e quase o mesmo destaque de uma rainha. Eu acho que hoje não voltaria – acredita Isabele.

“Você não cuida do corpo pra se esconder”, sentencia a musa

Mesmo dando um tempo do posto principal à frente de uma bateria – depois da indispensável figura do mestre, é claro – Isabele Gianazza prova nas fotos abaixo que a majestade de uma rainha nunca se perde. E, a medir pelas lindas poses, a musa da Viradouro tem tudo para roubar a cena no quesito “beleza” na Sexta-feira de Carnaval, quando a vermelho e branco da Série A vai pintar pelo Sambódromo carioca. O ensaio para o site foi acompanhado pelo marido italiano, que deixou a sambista bem à vontade, para a nossa alegria.

– Ele esteve no ensaio, mas não falou nada, ficou quietinho na dele. Eu tenho a consciência de não fazer nada vulgar. Você não cuida do corpo para se esconder – afirma a musa, que desfilará na escola de Niterói pelo segundo ano consecutivo.

Confira as fotos exclusivas – e lindas – de Isabele Gianazza!

 BATE-PAPO

Nome: Isabele Gianazza

Idade: 34 anos

Signo: Touro

Local de nascimento: Rio de Janeiro

Bairro onde mora: Barra da Tijuca

Casa ou apartamento? Apartamento

Mora com quem? Meu marido e minha filha

Filhos? Uma filha, Gaia

Profissão: Turismóloga

Cor preferida: Não tenho uma preferida, gosto de todas as cores

Animal de estimação: Não tenho

Livro: “Onze minutos”, de Paulo Coelho

Filme: “Os Intocáveis” , com o ator Kevin Costner

Um homem: Meu pai

Uma mulher: Minha avó materna

Religião: Católica

Novela: “A Favorita”, de João Emanuel Carneiro

Um samba: “Gigante mundo das crianças”, da Acadêmicos da Rocinha (2005)

Grife: O que me vestir bem, eu uso

Não uso nunca: Calcinha de alguém

Perfume: “Crystal Noir”, da Versace

Não saio de casa sem: Perfume

Carro que tem e o que gostaria de ter: Agile. Gostaria de ter uma Range Rover

Cantor: Belo

Cantora: Whitney Houston

Ator: Antônio Fagundes

Atriz: Glória Pires

Música: “Can we talk?”, do Tevin Campbell

O que eu quero: Ter saúde e pagar minhas contas

O que eu não quero: Ficar sozinha na velhice

Gosto de ir: À piscina

Não gosto de ir: Ao cemitério

Time: Flamengo

Programa de TV: “Vai que Cola”, do Multishow

Se não fosse musa, que outra função gostaria de exercer numa escola de samba? Faria parte da comissão de frente. Acho incrível o trabalho feito nas comissões.

Fotografia: Michele Iassanori
Maquiagem: Victor Waltz
Making of vídeo: Paulinho Thomaz
Making of fotos: Michele Iassanori
Acessórios: NegaChic
Produção de moda: Wallace Safra (Ateliê By Izaquis)