Em coletiva, Crivella cantarola: ‘Quem não gosta de samba bom prefeito não é’

Por Redação

Foi com muito bom humor que o prefeito Marcelo Crivella abriu nesta quinta-feira, 11, a coletiva de imprensa para apresentar o planejamento de ação do Carnaval 2018 no Palácio da Cidade, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. O chefe do executivo municipal lembrou Dorival Caymmi ao adaptar a famosa canção “Samba da minha terra”. Em alto e bom som, o político aproveitou o evento pra cantarolar ‘Quem não gosta de samba bom prefeito não é’, numa adaptação do trecho que critica o sujeito que não gosta de samba.

– Fizemos um esforço enorme pra poder apresentar um carnaval muito bonito, que a gente espera que seja calmo, sem violência, que possa celebrar essa vocação do povo carioca de se erguer nos momentos trágicos pra celebrar a vida. É mostrar ao mundo que continuamos alegres – disse Crivella logo após agradecer a presença de vereadores da cidade no encontro. O prefeito não respondeu perguntas dos jornalistas ao fim das explanações oficiais.

Bom lembrar que Crivella, bispo licenciado da Igreja Universal, é apontado por dirigentes e apaixonados por samba como um inimigo direto do Carnaval. Ele cortou pela metade a grana das escolas de samba do Grupo Especial, Série A, Série B, outros grupos da Intendente Magalhães e até das escolas mirins.

O Sambarazzo transmitiu ao vivo os detalhes do anúncio do plano de ação da prefeitura para a festa que se avizinha (confira no Facebook). Ao lado de Marcelo Alves, presidente da Riotur, foram apresentadas as principais mudanças pra este ano e Crivella ainda falou sobre o recorde de investimento privado na temporada.