Então é Natal! Glória Pires e Orlando Morais ajudam Portela a fazer ceia coletiva

Por Redação

Portelenses de carteirinha, a atriz Glória Pires e o músico Orlando Morais, casados há 31 anos, estão sempre atentos ao que rola nos bastidores da azul e branco de Oswaldo Cruz e Madureira, na Zona Norte do Rio. O carinho pela escola fez, inclusive, com que os dois ajudassem o Departamento de Cidadania da Portela a viabilizar uma festa de fim de ano dedicada a 300 pessoas de todo o município do Rio, grande parte delas atendidas por projetos sociais. A ação, que acontecerá graças à doação do casal e de outros apoiadores, está marcada para este domingo, 23.

— A gente realmente acredita no amor ao próximo, que uma mão lava a outra, e que com todo mundo junto a festa é maior. Desejamos um feliz Natal para a nossa linda família portelense — disse Glória à dentista Hellen Mary Costa, que é diretora do departamento e responsável pelo atendimento odontológico das pessoas que frequentam as atividades da “Majestade do Samba”.

Glória e Orlando são apaixonados pela Portela e vira e mexe desfilam junto com a azul e branco na Sapucaí | Foto: AgNews

Orlando seguiu o discurso da mulher e também fez votos de que a comemoração esteja à altura das crianças e dos jovens (e também dos adultos) que são atendidos na quadra da rua Clara Nunes, em aulas de pré-vestibular, danças cigana, do ventre, styletto, balé, além de jiu-jitsu e assistência odontológica:

— Estamos muito felizes com essa festinha! Aproveitem bastante, curtam muito e incendeiem essa criançada de alegria.

Falta de recursos preocupou coordenadora

Ao Sambarazzo, Hellen disse que ficou feliz quando soube da doação feita pelo casal de artistas porque estava preocupada com a dificuldade de realizar a ceia coletiva, prometida antecipadamente aos participantes. Ela acredita que o espírito do Natal tenha contagiado os corações dos ilustres portelenses.

— Estávamos desanimados e preocupados. Faltam poucos dias e não sabíamos como fechar. Tem a expectativa das crianças, adolescentes e adultos envolvidos no nosso projeto. Muitos nunca tiveram uma ceia, não têm o que comer. Quando a gente viu que faltava muita coisa, fiquei preocupada — relembra, agora aliviada ao saber da doação.

Hellen é a dentista responsável pelo Departamento de Cidadania da Portela e pelo atendimento odontológico de quem participa dos projetos sociais da agremiação | Foto: Divulgação