Por Redação

“Nem melhor, nem pior, apenas uma escola diferente”, talvez o lema mais famoso do Carnaval, sempre utilizado com um justo orgulho pelos salgueirenses caiu muitíssimo bem com o anúncio da nova musa da escola, a carioca e transexual Kamilla Carvalho, de 30 anos. A morena é a única trans a ocupar tal posto no Grupo Especial do Rio de Janeiro atualmente.

Transex, Kamilla Carvalho é a nova musa do Salgueiro – Fotos: Alex Nunes

Kamilla foi cabeleireira da presidente da vermelho e branco, Regina Celi, e ficou sabendo que seria musa em janeiro de 2017, durante a participação da dirigente no programa “De Cara”, da FM O Dia. Agora, com o anúncio oficial, a moça disse que ficou surpresa:

– Há 8 anos, quando iniciei meu processo de transformação, eu era cabeleireira da Regina é sempre amei Carnaval. Passei a desfilar, e ela se admirava. Até que escutei a entrevista e quase desmaiei, não acreditei que seria eu a nova musa trans – comentou.

A apresentação da gata será no próximo sábado, 18, na quadra do Salgueiro, durante o ensaio técnico da Academia. Kamilla se junta à verdadeira seleção de musas que a vermelho e branco já tem: Bianca Salgueiro, Cris Alves, Mônika Nascimento, Edclea Neves, Elaine Caetano, Fernanda Figueiredo e Rafaela Dias.

Fotos: Alex Nunes

Outra escola que abriu as portas para a diversidade foi a Beija-Flor de Nilópolis, que convidou a cantora Pabllo Vittar para desfilar no Carnaval 2018 como destaque.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

53 − 49 =