Ficou no chão! Lucélia Santos se atrasa e não consegue subir em carro a tempo

Por Eduardo Senra

Convidada pelo carnavalesco da Santa Cruz para desfilar como um dos destaques da escola nesta Sexta de Carnaval, a atriz Lucélia Santos (nacionalmente conhecido por ter protagonizado a novela “A Escrava Isaura”, da TV Globo, na década de 1970) chegou atrasada na Marquês de Sapucaí e quase ficou de fora da apresentação da verde e branco. Por conta do imprevisto — ela culpou a chuva — a alegoria em que a artista estaria entrou na Avenida sem ela, remanejada para um espaço de destaque no chão.

Ao Sambarazzo, Lucélia justificou o atraso e afirmou que, apesar dos pesares, até curtiu cruzar a “Passarela do Samba” fora do carro alegórico. A Santa Cruz homenageou a atriz Ruth de Souza, de quem Lucélia é colega de profissão.

— A Ruth é uma das maiores divas do Brasil. E eu gostei de vir no chão homenageando ela! Não consegui chegar ao carro alegórico, atrasei por causa da chuva — disse Lucélia.

A troca de posição no desfile e a ausência de um destaque numa das alegorias podem, se vistos pelos jurados, causar perdas no quesito Enredo. Caso o júri avalie que a presença de Lucélia tenha quebrado a narrativa do enredo, a Santa Cruz pode perder mais do que os 0,2 décimos negativos que constarão no placar da Quarta-Feira de Cinzas. A agremiação estourou o tempo máximo de desfile em dois minutos.

Após a Santa Cruz, outras três escolas da Série A ainda passam pelo Sambódromo nesta Sexta-feira de Carnaval. São elas, em ordem: Unidos de Padre Miguel, Inocentes de Belford Roxo e Acadêmicos do Sossego. Unidos da Ponte, Alegria da Zona Sul e Rocinha se apresentaram antes da escola da Zona Oeste. No Sábado de Carnaval, mais seis agremiações farão a alegria do público.