Gritos de guerra! Intérpretes se alfinetam nas redes sociais

Por Redação

Uma troca de elogios nada carinhosos entre Wantuir, intérprete da Unidos da Tijuca, e Gilsinho, da Portela, dominou as redes sociais dos sambistas. Tudo começou quando o cantor da azul e amarelo do Borel postou um banner de um evento em que irá participar neste sábado, 7, convidando “alguns” intérpretes do carnaval. Um comentário na referida postagem pedia que Wantuir mandasse um abraço para Gilsinho. No mesmo instante, o artista respondeu:

“Não consigo olhar para este vulto sombrio sem alma”, escreveu Wantuir.

Wantuir criticou Gilsinho em comentário no Facebook – Foto: Arquivo

A confusão chegou até Gilsinho, que não deixou por menos e fez uma postagem com ironias e ofensas:

“Vulto sombrio sem alma… De longe é fácil… Queria ver falar de perto… Seria a decolagem de vários dentes…”, criticou o cantor da Portela.

Rivais desde 2016

A rixa entre os dois intérpretes não é de hoje. Wantuir e Gilsinho chegaram a dividir o carro de som da Portela no Carnaval de 2016. Entretanto, no dia do desfile da agremiação de Madureira, Wantuir, nitidamente irritado, reclamou que o som de seu microfone estava mais baixo. O clima nada harmonioso terminou dias depois, quando Wantuir foi demitido da escola.

Gilsinho, por sua vez, também atacou Wantuir – Foto: Arquivo

“Nunca pedi privilégios, pedi igualdade. Já fiz dez anos de coro do Dominguinhos do Estácio, mas há 20 sou puxador na Avenida. Tenho uma história”, declarou Wantuir, na época.