Por Redação

Reviravolta na eleição do Salgueiro. Nesta sexta-feira, 4, a Justiça do Rio derrubou a liminar que suspendia o pleito. Desta forma, a votação para eleger o próximo presidente da vermelho e branco acontecerá no domingo, dia 6, a partir das 9h. A nova decisão foi assinada pela desembargadora Leila Maria Rodrigues Pinto de Carvalho e Albuquerque, da 25ª Câmara Cível.

“Considerando as razões recursais, suspendo os efeitos da decisão impugnada a fim de que não seja extinto o processo sem resolução de mérito até o julgamento deste recurso”, escreveu a desembargadora.

Na última quarta-feira, 2, o juiz Sergio Wajzenberg, titular da 2ª Vara Civel da Capital, concedeu liminar na ação ajuizada pelo candidato André Vaz, da chapa de oposição, que denunciou supostas irregularidades no processo eleitoral, entre elas o fato de que a atual presidente, Regina Celi, estaria concorrendo à reeleição pela terceira vez, o que seria proibido pelo estatuto da agremiação.

Na ação, André também argumenta que vários sócios beneméritos estão impedidos de ser eleitos para o Conselho Deliberativo, por já integrarem o conselho como membros natos, além de denunciar a existência de uma lista de associados que já teriam morrido ou que constam no cadastro de eleitores com nome em duplicidade.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

− 1 = 3