Se o enredo que a Paraíso do Tuiuti escolheu na volta ao Grupo Especial vai render só notas 10, a gente só vai saber mesmo na Quarta-feira de Cinzas. Mas, no quesito musa, a escola que vai cantar a Tropicália na Sapucaí já sai na frente, digna de nota máxima. É que a estonteante Mylla Ribeiro, está no time que vai embelezar a passagem da escola pelo Sambódromo carioca.

Tropicaliente! Mylla Ribeiro, musa da Tuiuti, adorou o enredo “Carnavaleidoscópio Tropifágico”, proposto pelo carnavalesco Jack Vasconcelos pro desfile de 2017 | Foto: Michele Iassanori/Sambarazzo

Graças à agremiação, a gata conta que passou a conhecer mais sobre a corrente de vanguarda artística,que surgiu no fim da década de 1960 e contou com figurões como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa e Tom Zé, e acabou se fascinando pela história que o carnavalesco Jack Vasconcelos escolheu pra tentar o título.

A partir das informações que encontrou acerca da transformação cultural liderada pelos renomados músicos, ela resolveu posar para o Sambarazzo como se estivesse vivendo os tempos áureos do movimento.

– Sugeri o tema das fotos. Até me indicaram outros, mas preferi focar no tropicalismo. Eu amei o enredo, que é super colorido, divertido e vai ser muito bom pra escola. Já tinha ouvido falar, mas nunca parei pra pesquisar. Admiro muito pelos artistas. São grandes nomes, embora não sejam os que eu escuto sempre. O movimento foi uma revolução. É o enredo da escola e eu vou ter fotos pra postar até o Carnaval – brinca a loura, que tem 34 anos, foi mãe duas vezes e ainda assim ostenta um corpaço de deixar com inveja qualquer musa inspiradora das canções tropicalistas.

 

“Sempre tive corpo bonito”

Frequentadora da academia desde os 15 anos, Mylla não esconde o empenho em garantir a exibição de uma boa forma na Marquês de Sapucaí, onde já desfilou pela Acadêmicos do Cubango e pela Renascer de Jacarepaguá, como rainha de bateria. Da malhação, o principal instrumento pra esculpir o corpaço, ela não abriu mão nem durante os períodos de gestação.
– Malhei até o oitavo mês e foi super tranquilo. Sempre tive um corpo, modéstia à parte, muito bonito. Tenho uma alimentação restrita e perto do Carnaval, diminuo bastante o carboidrato, orientada pela nutricionista. Pra chegar na Avenida arrasando, também faço drenagem, botox, essas coisas todas… Gosto desse negócio de estar sempre bonita. Isso me faz bem – explica.

De tirar o fôlego! Mylla dá duro pra manter as curvas em dia e o resultado não podia ser melhor | Foto: Michele Iassanori/Sambarazzo

Talento pra música? Só embaixo do chuveiro!

Fã de cantores sertanejos que estão bombando nas rádios atualmente (como Marília Mendonça, por exemplo), Mylla é categórica ao declarar que o gogó não é seu forte. Ao posar pras fotos “tropicalientes”, usou o violão pra encobrir a nudez.  Em casa, até arrisca uma ou outra notinha musical no chuveiro. E para por aí.

– Não tenho nenhum dom pra música. Gosto muito de dançar. Canto sertanejo o dia inteiro em casa e meus filhos (Nickolly e Enzo) ficam implorando pra eu parar. Canto muito alto – brinca a sambista, que já revelou acreditar que tem vocação pra televisão e até se inscreveu no “Big Brother Brasil”, da TV Globo.

Corpão violão… literalmente! Inspirada pela musicalidade da Tropicália, Mylla posou com o instrumento que o movimento substituiu pela guitarra elétrica, gerando protestos e até uma passeata liderada por ninguém menos que Elis Regina | Foto: Michele Iassanori/Sambarazzo

 

BATE-PAPO

Nome: Mylla Ribeiro

Idade: 34 anos

Signo: Touro

Local de nascimento: Niterói

Bairro onde mora: Ponta da areia

Casa ou apartamento? Casa

Mora com quem? Meus filhos (Nickolly e Enzo) e meu marido (Fernando)

Namorando ou ficando? Casada

Profissão: Educadora física

Cor preferida: Azul

Animal de estimação: Não tenho

Livro: “O segredo”, de Rhonda Byrne

Filme: “Um momento pode mudar tudo”

Um homem: Meu marido

Uma mulher: Minha mãe

Religião: Espírita

Novela: “O Clone”, de Glória Perez (TV Globo)

Um Samba: “A farra do boi”, da Paraíso do Tuiuti em 2016

Grife: Uso o que me faz sentir bem

Não uso nunca: Guarda-chuva

Perfume: Coco (da Chanel)

Não saio de casa sem: Rímel e blush

Carro que tem e o que gostaria de ter: Tenho uma BMW 320i e sou muito satisfeita com ela

Cantor: Jorge & Matheus e Henrique & Juliano

Cantora: Marília Mendonça

Ator: Murilo Benício

Atriz: Giovanna Antonelli

Música: “We don’t talk anymore”, do Charlie Puth com Selena Gomez

O que eu quero: Ser feliz longe dos invejosos

O que eu não quero: Ficar perto de pessoas falsas

Gosto de ir: À praia

Não gosto de ir: Ao supermercado

Time: Vasco

Programa de TV: “Pânico”, da Band

Se não fosse musa, que outra função gostaria de exercer numa escola de samba? Baiana!


Fotografia: Michele Iassanori
Figurino: Rita Borell
Locação: Eco Hostel Rio, na Praia de Itaipu, em Niterói
Maquiagem: Victor Waltz
Making of vídeo: Paulinho Thomaz
Texto: João Paulo Saconi