Ícone das histórias em quadrinhos, dos seriados e do cinema, a Mulher-Gato é uma das figuras que mais aguça a curiosidade dos marmanjos que sonham em descobrir quem está por trás da máscara, do chicote e de toda a malícia da mulher-felina que é responsável pelas maiores maldades de Gotham City. Enigmática, a vilã se tornou o caso amoroso mais duradouro na vida de Batman e, agora, vai fazer qualquer um cair de amores pelo novo ensaio do Sambarazzo.

Na ficção, a Mulher-Gato é o alter ego da comissária de bordo Selina Kyle, que se tornou uma criminosa após bater a cabeça em um acidente de avião. Por aqui, é Milena Nogueira – estreante no posto de rainha de bateria do Império Serrano e musa do Salgueiro há cinco carnavais – quem dá vida ao papel, interpretado nas telonas por atrizes consagradas como Michelle Pfeiffer, Halle Berry e Anne Hathaway.

A empresária, professora de educação física e mulher de 38 anos tem um gato pra chamar de seu: Diogo Nogueira. Ela é casada com o cantor e compositor há 12 anos, e topou o desafio de fotografar na pele de uma das mulheres mais fatais que já foi registrada pelas câmeras de Hollywood. Mãe de dois filhos, Milena não decepcionou ao transformar o Rio de Janeiro na própria cidade fictícia em que se passam a maioria das histórias dos super-heróis.

aa
Vestida de Mulher-Gato, Milena Nogueira posou no Museu do Amanhã, novo cartão-postal queridinho entre os cariocas | Foto: Michele Iassanori

Diogo Nogueira não soube que Milena encarnaria a personagem na madruga: “Saí de fininho”

Milena resolveu adotar realmente uma identidade secreta para posar para as lentes da fotógrafa Michele Iassanori, responsável por registrar os badalados ensaios do Sambarazzo. Nem o maridão Diogo Nogueira ficou sabendo que a amada se transformaria, por uma madrugada inteira, em Mulher-Gato nas ruas desertas do Rio de Janeiro.

– Quem disse que eu falei? O Diogo vai gostar, tá lindo. Ele só falou: ‘Foto a essa hora?’. Mas ele tava no telefone, aí eu saí dando tchau, de fininho. Achei bem diferente, nunca tinha feito um ensaio a essa hora da madrugada – revela Milena, que posou em frente ao Museu do Amanhã, na Zona Portuária carioca, e na Cinelândia, na região Central da “Cidade Maravilhosa”.

Vilã? Que nada! “Sou boazinha, até demais”, dispara Milena

Embora inspirada pela vilania da personagem, a estrela da Marquês de Sapucaí garante que as maldades não passam nem perto da sua personalidade. A única vez em que ela diz ter realmente enveredado para o lado negro da força foi quando se fantasiou de Hera Venenosa para a festa de aniversário de Viviane Araújo, rainha de bateria do Salgueiro.

– Sou meio bobona. Sempre boazinha, até demais. Até abusam da minha boa vontade nesse meio do Carnaval. Mas, tudo bem. Deixa pra lá. Eu tô nele porque eu quero. A Mulher-Gato é uma vilã, mas é tipo o Robin Hood. Eu gosto bastante do universo dos heróis – comenta a gata, que mantém o corpo sarado e pronto pra qualquer desafio fazendo musculação e controlando a dieta, sem doces nem álcool.

a
Milena Nogueira só se transforma em vilã quando veste uma fantasia: “Sempre boazinha, até demais” | Foto: Michele Iassanori

“O Império é uma escola digna de Grupo Especial”, destaca rainha

Ao ser questionada se a conquista do posto de rainha de bateria numa escola de samba da elite carioca estava entre os sonhos e planos que fez para sua trajetória na Passarela do Samba, Milena pontuou que, na visão dela, o Império Serrano, hoje na Série A, deveria ter um lugar cativo entre as 12 escolas que desfilam no Domingo e na Segunda-feira de Carnaval, o horário nobre da folia.

– De certa forma, já estou realizando (o sonho de ser rainha entre as escolas mais vistas), estando à frente da bateria do Império, pois é uma escola digna de Grupo Especial. Ela está desfilando no dia errado – brinca Milena Nogueira, que se não fosse rainha de bateria aceitaria desfilar como diretora de harmonia.

Mas, por enquanto, no currículo só consta a função mais cobiçada pela mulherada: ela reinou à frente da bateria da Caprichosos de Pilares e também brilhou em terras paulistas, com a Águia de Ouro.

Nome: Milena Nogueira

Idade: 38 anos

Signo: Sagitário

Local de nascimento: São José dos Campos, SP

Bairro onde mora: Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro

Casa ou apartamento? Casa

Mora com quem? Meu marido, meus filhos e três cachorros

Namorando ou ficando? Casada há 12 anos

Filhos? Tenho dois, o Matheus e o David

Profissão? Professora de educação física e empresária

Cor preferida? Rosa

Animal de estimação? Cachorro

Livro? “Os caminhos de Mandela”, de Richard Stengel

Filme? “O Último Samurai”, com Tom Cruise

Um homem? Meu pai, Rubem

Uma mulher? Minha mãe, Dilcéia

Religião? Espírita

Novela? “Avenida Brasil”, de João Emanuel Carneiro

Um Samba? “Aquarela Brasileira”, do Império Serrano (1964)

Grife? Louis Vuitton

Não uso nunca: Peças falsificadas

Perfume: Love Chloé

Não saio de casa sem: Meu celular

Carro que tem e o que gostaria de ter: Tenho uma Mercedes, que já é o que eu gostaria de ter

Cantor? Diogo Nogueira

Cantora? Alcione

Ator? Cauã Reymond

Atriz? Adriana Esteves

Música? “Desde que o samba é samba”, do Caetano Veloso

O que eu quero? Menos críticas e mais sorriso. Mais alegria. Mais cada um cuidando da sua vida

O que eu não quero: Inveja, aquela coisa de a pessoa querer ser você

Gosto de ir: À praia

Não gosto de ir: Ao mercado

Time? Flamengo

Programa de TV? “Quilo por quilo”, do Discovery

Se não fosse musa, que outra função gostaria de exercer numa escola de samba? Diretora de harmonia. Porque me preocupo muito com o desfile, com a organização. Sou muito ligada nisso

Fotografia: Michele Iassanori
Figurino: Rita Borell e Museu da Moda
Maquiagem: Victor Waltz
Making of vídeo: Paulinho Thomaz
Making of fotos: Michele Iassanori
Texto: João Paulo Saconi