Na hora H! Seletiva para Corte do Carnaval é cancelada com candidatos prontos no camarim

Por Redação

A Riotur precisou cancelar nesta sexta, 21, a primeira seletiva do concurso para escolher o Rei Momo e a Rainha do Carnaval do 2019, minutos antes do início do evento, marcado para as 19h. O banho de água fria nos 34 candidatos (16 homens e 18 mulheres) foi motivado pela ausência de uma autorização do Corpo de Bombeiros para que a competição acontecesse na Cidade do Samba, na Zona Portuária do Rio, conforme informou a Empresa Pública de Turismo (Riotur) através do Twitter.

O problema foi que o anúncio online chegou antes mesmo de avisarem aos concorrentes: quem ia se apresentar para o júri foi pego de surpresa pelo tuíte, e foi o maior auê dentro do camarim da Cidade do Samba, na Zona Portuária do Rio. As meninas, por exemplo, tinham ensaiado às 14h e estavam maquiadas, apenas esperando pelos biquínis que iriam vestir durante uma das etapas da premiação. Lá fora, no palco, uma megaestrutura de som e luz foi instalada e terminou sem nenhuma utilidade.

Estrutura grandiosa foi montada no palco da Cidade do Samba para seletiva da Corte do Carnaval, mas concurso foi adiado às pressas por impedimento do Corpo de Bombeiros | Foto: Sambarazzo

Enquanto a publicação na rede social foi feita às 19h, a organização do concurso só comunicou os presentes uma hora depois. Numa gravação recebida pelo Sambarazzo, um porta-voz informa que ligará em breve para os interessados informando uma nova data.

— Colocamos tudo certinho com o pedido feito pelos Bombeiros, toda a documentação foi formulada. Por volta de 18h, chegou um comunicado que pediu mais um negócio que não dava pra gente fazer. Vamos ser obrigados a cancelar a eliminatória e vamos entrar em contato com todos vocês para informar local e data — disse um organizador às candidatas, preocupadas com as pessoas que mobilizaram via rede social.

Rio pode terminar o ano sem conhecer Corte Real 

Essa não é a primeira vez que a etapa de estreia do concurso para a Corte foliã é cancelada pela Riotur. No último sábado, 16, candidatos utilizaram as redes para informar que a seletiva fora transferida para esta sexta, 21, em razão de impedimentos envolvendo a Cidade do Samba (os barracões têm funcionado normalmente e o problema parece ser referente à praça de eventos).

Com os dois adiamentos seguidos, é possível que o Rei Momo, a Rainha do Carnaval e as duas Princesas que compõem o reinado não sejam conhecidos ainda este ano, já que faltam apenas 10 dias para o Réveillon. Em 2017, os cariocas conheceram os escolhidos no final de outubro, numa festa na mesma Cidade do Samba. Em anos anteriores, o concurso também aconteceu com mais antecedência.

A Corte do Carnaval representa a folia de Momo em eventos que reúnem autoridades e foliões do Rio | Foto: Riotur