‘Não pode ter virada de mesa’, diz presidente da São Clemente na apuração

Por Eduardo Senra

Nos bastidores do Carnaval, Renato Almeida Gomes é daquelas figuras que falam o que pensam. Já na Praça da Apoteose pra acompanhar a apuração que vai anunciar a campeã do Carnaval 2019, o presidente da escola que reeditou o enredo cheio de críticas “E o samba sambou” já foi dando o recado.

Ao Sambarazzo, disse não admitir que os “cartolas” da festa mexam pauzinhos pra alterar o resultado. No desfile assinado pelo carnavalesco Jorge Silveira, ele deu a ideia de fazer na comissão de frente a virada de mesa que marcou o Carnaval 2018.

– Não pode ter virada de mesa neste carnaval. A São Clemente voltou a reviver seus antigos carnavais. Nunca vi os clementianos tão feliz. A direção, carnavalesco, comunidade… A apuração agora é dos cartolas. Há muitos temas políticos, de oxalá, nós falamos para o povo carioca. Apuração é um outro desfile. Estou há tantos anos aqui que a melhor surpresa é a permanência. da Sao Clemente. Outra surpresa não vou gostar – disse.