Os embalos de sábado à noite! O que rolou nos ensaios de Salgueiro, Viradouro e Grande Rio

Por Redação

Para alegria do povo do samba, a noite deste sábado, 16, teve como atrações da pré-temporada carnavalesca os ensaios técnicos de mais três escolas do Grupo Especial do Rio: Salgueiro, Viradouro e Grande Rio. Foi a segunda noite de treinos em campo de jogo (no domingo passado, 10, Mocidade, Vila Isabel e Unidos da Tijuca abriram os trabalhos). O Sambarazzo registrou os melhores momentos das passagens das agremiações pelo Sambódromo. Confira!

Público lotou arquibancadas do Sambódromo para assistir aos ensaios de Salgueiro, Viradouro e Grande Rio neste sábado, 16. Evento foi o segundo da temporada | Foto: Alexandre Macieira/Riotur

SALGUEIRO

No ensaio técnico do Salgueiro, a ex-presidente da escola, Regina Celi, foi convidada a cumprimentar o pavilhão da vermelho e branco pelo casal de mestre-sala e porta-bandeira Sidclei Santos e Marcella Alves. Os dois haviam saído da agremiação durante a gestão dela, no ano passado, e retornaram após o empresário André Vaz assumir o comando depois de uma longa briga judicial.

A ex-presidente do Salgueiro, Regina Celi, deu pinta no ensaio da vermelho e branco na Sapucaí. Ela assistiu tudo em frente ao primeiro módulo de jurados, mostrou que estava por dentro de cada passo da coreografia da comissão de frente (observada atentamente por ela) e foi convidada a cumprimentar o pavilhão da escola | Foto: Reprodução/Instagram @cidadedosamba

Marcella contou que a atitude não foi planejada e que a dupla de dançarinos não havia conversado sobre o assunto anteriormente. Juntos há seis Carnavais, ela e Sidclei teriam se comunicado “pelo olhar” e entendido que o melhor a fazer era convidar Regina a reverenciar a bandeira.

— Foi uma forma de mostrar que estamos zerados e que não há mágoas. Até porque, ela foi presidente da escola por muito tempo enquanto dançamos — disse a porta-bandeira.

Neste domingo, 17, a nova gestão salgueirense divulgou uma nota oficial relativa à presença de Regina na pista durante o ensaio e à interação dela com as alas e segmentos da escola. Para a diretoria comandada por Vaz, “faltou educação e, sobretudo, respeito aos componentes que ali estavam e sabiam da importância do ensaio técnico para uma escola de samba”.

Como é de costume, Viviane Araújo foi um espetáculo à parte durante o ensaio técnico da “Academia do Samba”. Vestida de Oxum, a rainha da bateria “Furiosa” causou euforia no público ao cruzar a Sapucaí apresentando os próprios súditos. A fantasia dela tem tudo a ver com o enredo, que é sobre o orixá Xangô, padroeiro do Salgueiro.

Vivi Araújo escolheu homenagear Oxum, orixá das águas doces, no ensaio do Salgueiro | Foto: Alexandre Macieira/Riotur

O treino também marcou o retorno do intérprete Quinho e ainda garantiu a Emerson Dias a estreia como cantor oficial da vermelho e branco. Junta, a dupla é responsável por dar voz ao samba-enredo sobre o orixá da justiça.

Quinho e Emerson Dias foram as vozes que embalaram a multidão salgueirense | Foto: Alexandre Macieira/Riotur

VIRADOURO

Paulo Barros, que não é figurinha fácil em ensaios técnicos, participou feliz da vida do treino da Viradouro na Sapucaí. Mestre Ciça até convidou o carnavalesco para fazer uma pontinha à frente dos ritmistas da vermelho e branco. Em 2007, os dois colocaram a bateria em cima de um carro alegórico durante o desfile oficial. Que dupla!

No retorno à escola de Niterói após uma década, mestre Ciça fez questão de agir como se o ensaio técnico fosse o próprio desfile oficial: apresentou para os módulos de jurados vazios as coreografias e bossas que vem preparando nos últimos meses. Muita concentração envolvida.

Julinho e Rute Alves, o casal de mestre-sala e porta-bandeira da Viradouro, dançaram ao som do gogó dos componentes da escola enquanto se apresentavam no último módulo de jurados da Sapucaí. O Sambódromo ainda não conta com o sistema completo de som para os desfiles oficiais, mas o povo garantiu a força do canto.

Zé Paulo, intérprete da Viradouro, caiu dentro do samba-enredo da agremiação. A comunidade foi junto com ele e embalou a apresentação que marcou o retorno da vermelho e branco niteroiense à Sapucaí como integrante do Grupo Especial após três anos na Série A.

O intérprete Zé Paulo, cujo grito de guerra chama a Viradouro de “a escola da emoção”, viveu um belo momento na Sapucaí, bem pertinho de uma criança com necessidades especiais | Fotos: Reprodução/Facebook/Fotógrafo Vicente Almeida

GRANDE RIO

Majestade por um dia! A Grande Rio chamou e David Brazil topou o desafio de voltar a ser o rei da bateria no ensaio técnico deste sábado, 16. Juliana Paes, a real ocupante do posto, não esteve presente porque gravava novela da Globo no Sul do país. Mas foi bem representada pelo amigo, que brilhou à frente da “Invocada”. Ele já havia feito o mesmo papel em 2015, ao lado da atriz Susana Vieira.

David Brazil assumiu a coroa de Juliana Paes durante o ensaio técnico e botou pra quebrar diante dos ritmistas da bateria ‘Invocada’ | Foto: Alexandre Macieira/Riotur

A ausência do cantor Ruan Paiva, um dos integrantes do carro de som, também virou pauta durante o ensaio da tricolor de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O jovem de 21 anos foi baleado no início da semana durante um assalto, no município em que a escola está sediada. Para homenageá-lo, amigos, parentes e integrantes da Grande Rio estenderam uma faixa desejando força na recuperação. Ruan sonha ser intérprete oficial da agremiação.

Diretores de bateria da Grande Rio fizeram faixa para homenagear Ruan Paiva, que foi baleado num assalto esta semana. O presidente de honra da agremiação, Jayder Soares, também fez questão de prestar homenagem ao jovem cantor. O mestre de bateria Fafá aparece ao lado do dirigente | Foto: Reprodução/Facebook

*Foto de capa: Alexandre Macieira/Riotur, Reprodução/Facebook/Fotógrafo Vicente Almeida/Xingu e Reprodução/Instagram/@davidbrazil/@agenciabrasilnews