Querem o título! Torcedores da Mocidade fazem manifestação na porta da Liesa

Por Rafaella Javoski

Insatisfeitos com a justificativa do jurado Valmir Aleixo, que tirou um décimo da Mocidade pela ausência de um destaque de chão que não existia e acabou tirando da verde e branco o título de campeã da festa, integrantes – cerca de 15 pessoas – da torcida organizada “Independentes Mocidade” se reuniram em frente à sede da Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba) na tarde desta quarta-feira, 22, no Centro do Rio, para reivindicar o primeiro lugar.

Foto: Irapuã Jeferson

– Queremos o título da Mocidade, foi um erro grosseiro, chegou a hora de moralizar o Carnaval – afirmou o presidente da torcida, Leonardo Novais.

O torcedor da escola, que não comemora campeonato desde 1996, lamenta que o esforço da agremiação tenha caído por terra por causa do erro do julgador.

– O trabalho de um ano inteiro foi posto em xeque, tanto da escola quanto da comunidade, que ensaiou todas as semanas – argumentou.

Torcedores pedem empate com a Portela

A Portela, que estava há 33 anos sem ganhar, foi a vencedora do Carnaval 2017.

– Não queremos tirar o título da Portela, mas é justo que a gente também seja campeão – defendeu o gerente administrativo Leandro Gomes, que escapou do trabalho na hora do almoço para apoiar o manifesto.