Por Redação

Será cremado nesta quarta-feira, 4, no Cemitério Memorial do Carmo, no bairro do Caju, o corpo do jornalista Manoel Alves, de 67 anos. O velório ocorrerá entre 10h e 13h, na capela 6 do local. Em seguida, segue para a cremação. O profissional sofria de uma doença pulmonar crônica e morreu em casa em decorrência de uma insuficiência respiratória, nesta segunda-feira, 2. Manoel trabalhou por 32 anos no Departamento de Jornalismo da TV Globo, sendo conhecido, principalmente, pelas coberturas carnavalescas.

Manoel Alves morreu em casa por insuficiência respiratória – Foto: Reprodução Facebook

Desde os anos 80, o jornalista era o produtor responsável pelas matérias e parte da transmissão dos desfiles das escolas de samba na emissora carioca. Manoel foi o principal responsável pela parceria entre as agremiações e instituições como a Associação das Rádios e a própria TV Globo.

A morte de Manoel Alves causou comoção nas redes sociais. Diversos profissionais que trabalharam, ou simplesmente conviveram com o jornalista, postaram mensagens de luto.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

1 + 1 =