Sem festa! Prefeitura cancela Carnaval de São Gonçalo pelo 3° ano seguido

Por Redação

Olha, se a situação do Carnaval do Rio de Janeiro ficou sinistra desde a posse do prefeito Marcelo Crivella, que decidiu cortar pela metade a subvenção de todos os grupos da festa carioca, em São Gonçalo a coisa ficou pior ainda. É que o chefe do executivo do município da Região Metropolitana fluminense, José Luiz Nanci (PPS) anunciou que os tradicionais desfiles da cidade estão cancelados, como informa o Jornal O São Gonçalo, nesta quarta-feira, 10. Em 2017 e 2016 também não houve desfiles.

A alegação do prefeito, que manteve apenas o carnaval de rua em alguns pontos, é que a difícil situação financeira do país impede a realização do espetáculo popular. Segundo nota da prefeitura, a meta do governo municipal é cumprir as metas de responsabilidade fiscal e priorizar o funcionamento de serviços essenciais, como saúde e educação e o pagamento de servidores.

A subvenção à Porto da Pedra, que é representante da cidade na Série A do Carnaval carioca, ainda está sendo estudada, informou o mesmo comunicado oficial.

São 11 agremiações que ficam mais uma vez sem os desfiles do bairro do Paraíso. A Uessg, União das Escolas de Samba de São Gonçalo, tentou negociar e chegou a tratar de valores com o prefeito. R$ 544 mil seria a subvenção inicialmente acordada, mas a prefeitura não quis arcar com os custos, inviabilizando a festa na cidade.

– Estou sendo pego de surpresa com essa informação. A prefeitura estava estudando a proposta de uma ala por escola. Entendemos a crise, mas essa decisão é um equívoco. Chegar agora e falar que não vai ter nos entristece – disse Bira, presidente da Uessg, em entrevista a O São Gonçalo.

Foto de capa: Sandro Nascimento