Sem Sapucaí, São Clemente quer ensaios técnicos no Aterro do Flamengo

Por Luiz Felippe Reis

“Quem não tem cão, caça com gato” já diz um velho e sábio dito popular. Com a decisão do cancelamento dos ensaios técnicos na Sapucaí, a São Clemente resolveu apostar no Aterro do Flamengo para realizar treinos dignos de Sambódromo na Zona Sul do Rio.

A ideia do presidente da escola, Renato Almeida Gomes, o Renatinho, é utilizar o complexo de lazer aos domingos, entre dezembro e janeiro, quando as pistas de tráfego ficam fechadas para o trânsito e liberadas para o lazer no parque, onde muita gente aproveita o dia. Para que o projeto se realize falta apenas a aprovação da Superintendência Regional da Prefeitura na Zona Sul, comandada por Marcelo Maywald.

– É pra suprir a saída da Sapucaí, apurar as coisas e fazer os ensaios. Vou usar 700 metros (a mesma extensão da pista de desfiles oficial do Carnaval). Quero fazer dois ensaios em dezembro lá e uns dois ou três em janeiro. E quero fazer um grande fechamento na (Rua) Arnaldo Quintela (em Botafogo) – conta Renatinho, que pretende botar todos os componentes uniformizados, a exemplo do que acontecia nos ensaios técnicos da Sapucaí.

São Clemente, do presidente Renatinho (foto), quer ensaiar no Aterro do Flamengo – Foto: Irapuã Jeferson

Sobre o fim dos treinos no Sambódromo, Renatinho lamentou:

– Deu uma apagada no Carnaval, né? Eram 70, 80 mil pessoas num dia, não tenho ideia de quantas pessoas vão perder isso. Muitos não tem como comprar ingresso, ficava lotado. É triste isso. As quadras mesmo já não são mais como antigamente. O crescimento dos blocos é um pouco isso também, é a liberdade, a pessoa vai lá ser feliz, faz o que quer. Olha, como eu queria ser prefeito. O Carioca só quer alegria, só quer ser feliz.