Por Redação

A feijoada deste sábado, 11, foi especial para grandes nomes que fizeram a história da Mangueira. A verde e rosa decidiu reunir os carnavalescos que passaram pela escola e homenageá-los durante o evento. O momento foi compartilhado por Leandro Vieira, responsável pela criação artística desde 2016.

Participaram do reencontro os artistas Fábio Borges (contratado da escola em 1990); Ilvamar Magalhães (no time da Estação Primeira entre 1992 e 1995); Alexandre Louzada (autor dos desfiles de 1998 a 2000); Max Lopes (com duas passagens pela agremiação, entre 1983 e 1984 e de 2001 a 2008); Jaime Cezário e Jorge Caribé (dupla formada para o Carnaval de 2010); Mauro Quintaes e Wagner Gonçalves (responsáveis por 2011). Também marcou presença Julinho Matos, filho de Júlio Mattos, que liderou a criação artística entre 1963 e 1974, em 1979 e, depois, de 1986 a 1989.

Mangueira reúne carnavalescos que passaram pela história da agremiação | Foto: Reprodução/Facebook

— Na foto, a Mangueira de Sinhá Olímpia, do Tom Jobim, da Manga Rosa, dos dez mandamentos, do Braguinha, do Chico Buarque, dos doces bárbaros, do Nelson Cavaquinho, do século do samba, do Dom Obá, da música brasileira, da esmeralda do Atlântico, do Caymmi, do Drummond, das lendas do Abaeté, do Monteiro Lobato, do Rio Antigo, da seiva da vida, do Rio São Francisco, da língua portuguesa e de tantos outros carnavais. Na selfie, sou ‘Nutella’ diante de tanto ‘carnavalesco raiz!’. Uma felicidade sem tamanho estar no meio desses caras! — disse Leandro.

Veja mais fotos do encontro!

Na primeira foto, Leandro com Mauro Quintaes e Alexandre Louzada, que fez o desfile campeão sobre Chico Buarque, em 1998. Já Wagner Gonçalves, que posa com Mauro na segunda imagem, assinou junto do colega o desfile de 2011 sobre Nelson Cavaquinho | Foto: Reprodução/Facebook

*Foto de capa: Reprodução/Facebook

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

− 2 = 1