A espera pela Rio 2016 valeu a pena. Se o espírito olímpico ainda não tinha chegado à Cidade Maravilhosa, com o ensaio da bela Bianca Monteiro para o Sambarazzo ele está mais do que garantido. O legado da segunda princesa do Carnaval para o público do site são fotos pra lá de sensuais e medalha de ouro em todas as modalidades possíveis. Do boxe ao futebol, a gata garantiu o pódio e bateu um bolão ao protagonizar a união entre as maiores paixões do brasileiro: a pelada, a folia e a beleza feminina.

Presença confirmada na plateia de várias provas da Olimpíada e integrante do seleto time de sambistas que vai invadir o gramado do Maracanã da Cerimônia de Abertura, Bianca leva uma vida de atleta: aposta em um treinamento funcional na academia, arrisca passos de balé, e ainda é praticante de muay thay. Para quem topar encarar a moça, ela alerta: tem paixão pela luta.

– Vou fazer questão de estar presente. É um evento muito importante para o nosso Rio de Janeiro. Temos que estar presente para aprender aquilo que a gente não conhece. Gosto muito de luta. O vôlei, acho que é nosso orgulho. Sou apaixonada particularmente pelo feminino. Também curto a ginástica artística, porque tem dança, ou seja, muito a ver comigo – conta Bianca, que elege o amor pela Portela, escola em que integra a ala de passistas, como a modalidade que não poderia faltar entre as favoritas.

feijoada-do-sambarazzo-ii-novo

“Me tornei mais humilde”, revela Bianca sobre a Corte do Carnaval

Princesa nas últimas duas temporadas de Momo, Bianca acredita que participar da Corte carnavalesca a tornou mais humilde. Modéstia à parte, a passista que surgiu no projeto social mirim da azul e branco de Madureira, o “Ninho da Águia”, e que reúne 15 anos de histórias para contar na Avenida, garante ter conhecido o “maior espetáculo da Terra” através de uma outra perspectiva após o concurso.

– Me tornei mais humilde, mais pé no chão, mais responsável e taxativa no que eu quero. Você se depara com um Carnaval que eu, como passista da Portela desde muito nova, não conhecia. De um dia para o outro, você conhece todo o contexto e a história da festa. Isso é muito gratificante – finaliza a beldade.

Nome: Bianca dos Santo Lopes Monteiro.
Idade: 27 anos.
Signo: Escorpião.
Local de nascimento: Tijuca.
Bairro onde mora: Madureira.
Casa ou apartamento? Casa.
Mora com quem? Com meus pais.
Namorando ou ficando? Namorando.
Filhos? Ainda não.
Profissão? Dançarina.
Cor preferida? Branco.
Animal de estimação? Cachorro.
Livro? “Cazuza. Faz parte do meu show”, autor Robson Pinheiro (psicografado)
Filme? “A Teoria de Tudo”, sobre Stephen Hawking.
Um homem? Meu pai.
Uma mulher? Minha mãe.
Religião? Espirita.
Novela? “Laços de Família”, de Manoel Carlos, na TV Globo.
Um Samba? “Foi um rio que passou em minha vida”, do Paulinho da Viola.
Grife? Olhei, gostei e comprei. Gosto do que me cai bem.
Não uso nunca: Roupas nas cores marrom e roxo. Nunca usei.
Perfume? Sou uma pessoa que gosta de mudar. Gosto do Nina e do 212 feminino.
Não saio de casa sem: Meu anel.
Carro que tem e o que gostaria de ter? Não tenho, mas acho linda a picape. Gosto de carros grandes.
Cantor? Djavan.
Cantora? Elis Regina.
Ator? Tony Ramos.
Atriz? Glória Pires.
Música? Amo muitas, mas essa tem um pouco de mim: “Sorrisos nos lábios”, do Gonzaguinha.
O que eu quero: Realizar todos os meus sonhos e metas, sem perder a alegria e  o amor que existem em mim.
O que eu não quero: Errar com as pessoas que eu amo.
Gosto de ir: À praia e jantar fora.
Não gosto de ir: A baile funk.
Time: Vasco.
Programa de TV: “Vai Que Cola”, do Multishow.
Se não fosse musa, que outra função gostaria de exercer numa escola de samba? Amo meu pavilhão. Eu quero passar por muitas fases, até poder chegar à Velha Guarda, se Deus quiser.

Fotografia: Michele Iassanori
Figurino: Gigio Fitness
Maquiagem: Victor Waltz
Making of vídeo: Paulinho Thomaz
Making of fotos: Michele Iassanori