Por Redação

Após ter sido criticado publicamente por ninguém menos que Martinho da Vila, Neguinho da Beija-Flor, Arlindinho e outros bambas, o cantor César Menotti também ganhou a reprovação de Leci Brandão e acabou pedindo desculpas pela piada de mau gosto que contou durante o “Altas Horas”, da TV Globo, no último sábado. Em sua conta no Instagram, Leci publicou um vídeo em que repudia veementemente a declaração do sertanejo, que ao contar uma história do passado com o irmão cantor, disse que “samba é coisa de bandido”.

— Sou Leci Brandão, mangueirense e compositora. Conheci Cartola, Nelson Cavaquinho, Paulinho da Viola, Martinho, Jorge Aragão, Dona Ivone Lara, Almir Guineto, Zeca Pagodinho, Reinaldo. Quero dizer para o senhor César Menotti que samba não é coisa de bandido, não. Bandido pra mim é quem compra a mídia e pra gente ter que ouvir um monte de música que não leva o país a ter nenhuma reflexão, consciência. Bandidagem, pra mim, é quem consegue fazer com que a cultura seja toda direcionada para quem tem poder — declarou a sambista, numa provável referência à predominância da música sertaneja no mercado musical brasileiro.

Nos comentários da publicação de Leci Brandão, César Menotti se desculpou pelo comentário, que classificou como “infeliz”. O artista disse ter atendido a um pedido de Serginho Groisman, apresentador do “Altas Horas”, ao narrar a apresentação que ele e o irmão e parceiro de dupla, Fabiano, fizeram num presídio no início da carreira.

— A senhora não me conhece, mas eu a conheço. (Conheço) sua obra e contribuição para a música brasileira. Contei um causo do saudoso Dicró. Se a senhora assistir todo o vídeo verá que é uma piada e que isso não representa a minha opinião. Humildemente, peço perdão por tê-la ofendido. Mas definitivamente esse causo que contei a pedido do Serginho não representa a minha opinião — disse Menotti, que gravou um vídeo com os mesmos dizeres e publicou em sua conta no Instagram.

César Menotti respondeu Leci Brandão com pedido de desculpas após ter dito, numa piada, que “samba é coisa de bandido”. A um dos seguidores da sambista ele chegou a dizer que tem “respeito máximo ao samba”. | Imagem: Reprodução/Instagram

A participação de César Menotti & Fabiano na atração global deu o que falar durante este domingo, 03. Além de Martinho, Neguinho da Beija-Flor, Arlindinho e Leci, outros representantes do ritmo e das escolas de samba responderam negativamente à brincadeira de Menotti. Mestre de bateria da Unidos da Tijuca, Casagrande chegou a propor uma campanha com a #sousambistanaosoubandido. Já Lucinha Nobre, porta-bandeira da Portela, questionou: “Quem é esse cara?”.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

+ 11 = 19