Tags Artigos com tags "Vila Isabel"

Vila Isabel

Por -

Por Redação

Majestade em dose dupla. Garantida na Vila Isabel para 2019, Sabrina Sato foi coroada nesta sexta-feira, 14, como nova rainha de bateria da Gaviões da Fiel, do Grupo Especial de São Paulo. A beldade, que era madrinha da escola de samba paulista, foi paparicada bastante durante a coroação de rainha, principalmente por ter ostentado o barrigão de sete meses no palco da festa. Ela e o ator Duda Nagle esperam a primeira filha.

Sabrina Sato foi apresentada como nova rainha de bateria da Gaviões da Fiel – Foto: Manuela Scarpa/ Brazil News

Ao saber da nova missão na bateria “Ritimão”, a apresentadora não conseguiu esconder a alegria e a gratidão pelo reconhecimento.

– Eu amo os Gaviões da Fiel. Comecei no mundo do samba aqui e não me imagino desfilando em outra escola de São Paulo. Só quem pisa na Avenida representando essa nação sabe do que eu estou falando. Estou feliz demais por receber esse carinho e assumir essa posição tão importante – disse Sabrina.

Apresentadora exibiu o barrigão de sete meses e sambou com ritmistas – Foto: Manuela Scarpa / Brazil News

Sabrina Sato desfilou pela primeira vez na agremiação em 2004, como destaque de chão. Seis anos depois, em 2010, virou madrinha da bateria. Com a posição da rainha em aberto, a direção decidiu realocar Sabrina de posto para o próximo Carnaval. Na teoria, muda o título. Na prática, há pouca diferença, já que a posição no desfile é a mesma, só acrescentando aí a cobiçada coroa. Mas Sabrina e a escola se empolgaram com a novidade.

– Ela já está conosco há mais de 10 anos, tem uma identificação muito forte com a nossa comunidade, é humilde, corinthiana e sempre honrou a nossa camisa na Avenida. Tê-la como rainha da ‘Bateria Ritimão’ é uma forma de reconhecer a sua dedicação e também presenteá-la nesse momento tão especial em sua vida – afirmou Rodrigo González Tapia (o Digão), presidente da Gaviões.

Sabrina desfila há mais de 10 anos na escola paulista – Foto: Manuela Scarpa / Brazil News

Paparicada na Vila Isabel

Longe da quadra da Vila Isabel desde o fim da última temporada de samba, Sabrina Sato voltou a pisar na quadra da azul e branco durante a festa de apresentação dos protótipos de fantasias de 2019 no mês passado. Absoluta, ela é rainha de bateria da escola carioca há sete carnavais.

*Foto de capa: Manuela Scarpa / Brazil News

Por -

Por Redação

Após a Beija-Flor anunciar mudança na data da final de samba, a Mangueira também divulgou nesta quinta-feira, 13, que alterou o dia de escolher a obra que vai narrar o desfile de 2019. Inicialmente marcada para o dia 29 de setembro, a verde e rosa agora fará o evento no próximo dia 13 de outubro, dividindo a agenda de final com a Unidos da Tijuca, que elegeu a mesma data para definir seu hino.

No novo calendário divulgado pela Mangueira, a semifinal ocorrerá no dia 29 de setembro. No sábado seguinte, dia 6 de outubro, não haverá disputa na quadra da agremiação. Já no dia 11 do mesmo mês, a escola fará uma audição do intérprete da escola com os três sambas finalistas.

Mangueira alterou a data da escolha do samba-enredo para 2019 – Foto: Arquivo

Desta forma, veja abaixo como ficou o calendário de finais das escolas de samba do Grupo Especial. Anota aí na agenda!

Grande Rio – 22 de setembro

Mocidade – 22 de setembro

Vila Isabel – 28 de setembro

Viradouro – 29 de setembro

Beija-Flor – 4 de outubro

Portela – 5 de outubro

União da Ilha – 6 de outubro

Salgueiro – 11 de outubro

Unidos da Tijuca – 13 de outubro

Mangueira – 13 de outubro

Imperatriz Leopoldinense – 17 de outubro

*Tuiuti, Império Serrano e São Clemente já apresentaram o samba-enredo de 2019 em suas respectivas quadras. No dia 22 de setembro, a Grande Rio apresentada oficialmente o samba, que já foi escolhido e divulgado nesta quinta-feira, 13.

**Foto de capa: Arquivo

Por -
Betinho do Cavaco venceu disputa pela primeira vez na Beija-Flor | Foto: Eduardo Hollanda

Por Redação

A Beija-Flor de Nilópolis mudou o dia em que vai escolher o samba-enredo de 2019. Inicialmente marcada para 11 de outubro, a final da azul e branco foi antecipada e acontecerá no próximo dia 4 de outubro. O motivo foi adequar a data à agenda do intérprete Neguinho da Beija-Flor, que estaria em turnê nos Estados Unidos no dia escolhido anteriormente. A informação foi divulgada neste sábado, 8, pelo colunista Ancelmo Gois, do Jornal O Globo.

Neguinho da Beija-Flor nunca faltou a uma final de samba nos 42 anos de história com a azul e branco – Foto: Arquivo

Desta forma, veja abaixo como ficou o calendário de finais das escolas de samba do Grupo Especial. Anota na agenda!

Beija-Flor de Nilópolis mudou a data da final da escolha do samba-enredo pra 2019 | Foto: Eduardo Hollanda

Grande Rio – 22 de setembro (a escola de Caxias apresentará o samba encomendado neste dia)

Mocidade – 22 de setembro

Vila Isabel – 28 de setembro

Viradouro – 29 de setembro

Mangueira – 29 de setembro

Beija-Flor – 4 de outubro

Portela – 5 de outubro

União da Ilha – 6 de outubro

Salgueiro – 11 de outubro

Unidos da Tijuca – 13 de outubro

Imperatriz Leopoldinense – 17 de outubro

*Tuiuti, Império Serrano e São Clemente já apresentaram o samba-enredo de 2019 em suas respectivas quadras.

Por -

Por Redação

A Vila Isabel vai apresentar neste sábado, 18, a partir das 20h, as fantasias que irão passar pela Marquês de Sapucaí no ano que vem. A festa de apresentação dos protótipos, que é limitada a componentes da azul e branco e convidados, é uma novidade proposta pelo presidente Fernando Fernandes, que em recente entrevista ao Sambarazzo falou sobre o trabalho à frente da escola.

Vila apresenta fantasias do Carnaval 2019 em festa para componentes. Na foto, Edson Pereira com o presidente Fernando Fernandes – Foto: Divulgação/Eduardo Hollanda

O carnavalesco Edson Pereira, que estreia na azul e branco, diz que o evento será a oportunidade de resgatar a autoestima do desfilante.
– Queremos trabalhar a expectativa dos componentes. Nossa intenção é resgatar o componente da Vila. Por isso, temos fantasias mais leves, com mais cara de Carnaval – promete o artista.

Edson aposta em fantasias mais leves para agradar componentes da azul e branco – Foto: Divulgação/Eduardo Hollanda

Com tema sobre a cidade de Petrópolis, a Vila pretende produzir boa parte das fantasias até o mês que vem. A diretoria da escola afirma que o adiantamento das etapas do Carnaval gera uma economia de cerca de 30% no orçamento final.
– Estamos com nossos ateliês fabricando as fantasias a todo vapor já. Queremos chegar agora em setembro com a maioria delas prontas – conta o carnavalesco.

Detalhe da fantasia da Vila Isabel para o ano que vem – Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação

Compositores entregam sambas
A disputa de samba-enredo da Vila contará com 18 obras concorrentes. Todas foram inscritas nesta quinta-feira, 16. Edson Pereira ainda não conseguiu ouvir todas as composições, mas ficou feliz com as que já conseguiu escutar.

– Tem sambas muito bons. Com certeza, a Vila terá um grande samba e, se Deus quiser, vai fazer um lindo desfile também – acredita.

A Unidos da Tijuca apresentou os sambas concorrentes nesta quinta. Laíla, novo integrante da comissão de carnaval tijucana, defendeu o modelo clássico de disputa de samba-enredo e revelou ser contra a nova onda de obras por encomenda.

*Foto de capa: Eduardo Hollanda/Divulgação

Por -
Atual campeã do Carnaval do Rio, Beija-Flor está com vagas abertas para desfilantes - Foto: Gabriel Monteiro/Riotur

Por Redação

Faltando menos de 200 dias para os desfiles do Grupo Especial do Rio, algumas escolas de samba já estão com vagas abertas para quem quiser participar da festa em 2019. Seja de graça ou pagando quase nada.

Veja abaixo como desfilar nas agremiações!

A atual vice-campeã do Carnaval do Rio, Tuiuti está com vagas abertas para desfilantes | Foto: Dhavid Normando/Riotur

Beija-Flor de Nilópolis

Os cadastros são feitos na quadra e no barracão da escola e é necessário levar duas fotos 3×4, cópia do RG, CPF e do comprovante de residência. Inscrição gratuita.
*Segundas-feiras, das 20h às 22h, na quadra.
Endereço: Rua Pracinha Paes Leme, 1025, em Nilópolis.
*Quartas-feiras, das 20h às 22h, no barracão
Endereço: Rua Rivadávia Correa, 60, Cidade do Samba – Barracão 11, na Gamboa.

Beija-Flor de Nilópolis está com vagas em alas de comunidade | Foto: Divulgação

Paraíso do Tuiuti

Inscrições feitas toda segunda-feira, a partir das 19h, na quadra da escola. É preciso levar duas fotos 3×4, cópia do RG, CPF e do comprovante de residência. Taxa de R$ 80.
Endereço: Campo de São Cristóvão, 33, São Cristóvão.

Tuiuti está com vagas abertas para alas de comunidade | Foto: Divulgação

Unidos da Tijuca

A agremiação receberá inscrições toda quinta-feira, a partir do próximo dia 23, às 19h, na quadra. É preciso levar duas fotos 3×4, RG, CPF e comprovante de residência. O valor da taxa de inscrição não foi divulgado.
Endereço: Avenida Francisco Bicalho, 47, Leopoldina.

Vila Isabel

A azul e branco está com vagas para passistas. Um audição ocorrerá no próximo dia 25, às 16h, na quadra da escola. As inscrições serão feitas com 1h de antecedência no dia da seleção ou já podem ser realizadas na secretaria da quadra. É preciso levar RG, CPF e comprovante de residência. Não há taxa de inscrição.
Endereço: Av. Boulevard 28 de Setembro, 382.
Trajes necessários: short/saia, top e salto
calça social, blusa/camisa e sapato.

Grande Rio

A tricolor realiza matrícula toda terça e quinta-feira, a partir das 18h, na quadra. É preciso levar duas fotos 3×4, cópia do RG, CPF e comprovante de residência. A taxa é de R$ 10.
Endereço: Rua Almirante Barroso 5, Centro, Duque de Caxias.

Inscrição do Império Serrano ocorre toda quinta-feira na quadra da escola | Foto: Divulgação⠀

Império Serrano

Inscrições feitas toda quinta-feira, a partir das 18h, na quadra. Levar original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência, além de duas fotos 3×4. A taxa é de R$ 120.
Endereço: Avenida Ministro Edgar Romero, 180, Madureira.

Viradouro

A escola tem algumas vagas. Inscrições aos sábados, a partir das 18h, durante as eliminatórias do concurso de samba-enredo, na quadra. Levar original e cópia do RG, CPF e comprovante de residência, além de duas fotos 3×4. A inscrição é gratuita.
Endereço: Avenida do Contorno, 16, Barreto, Niterói.

*Foto de capa: Gabriel Monteiro/Divulgação

Por -

Por Redação

Maior campeão como intérprete nas finais de samba-enredo de 2018, Tinga anda ostentando por aí um novo visual. De volta para a Vila Isabel após sair da Unidos da Tijuca, o cantor se submeteu há dois meses a uma cirurgia bariátrica (feita no estômago com o objetivo de reduzir o peso) e conta ao Sambarazzo que já emagreceu bastante após o procedimento. Segundo o sambista, a ideia da intervenção cirúrgica foi para evitar problemas de saúde no futuro.

— Eu nem lembro o meu peso. Mas devo ter perdido uns 15 kg desde que fiz a cirurgia. Sei que vou perder ainda mais — afirma, empolgado com o novo “shape”.

Tinga também viu os hábitos alimentares mudarem drasticamente. Ele diz que não come mais frituras e que passou a sentir menos fome:

— Não adianta a gente se forçar pra comer mais porque não consegue. Tive que mudar toda minha alimentação — emenda.

Medida certa! Tinga, intérprete da Unidos de Vila Isabel, se submeteu a uma bariátrica e já perdeu 15kg em dois meses | Fotos: Reprodução/Instagram e Arquivo pessoal

Preocupação com a voz

Antes de fazer a bariátrica, Tinga tinha receio de que a voz, instrumento de trabalho do músico que venceu o “Estandarte de Ouro” (prêmio do Jornal O Globo) na categoria de melhor intérprete de 2018, sofresse alguma mudança. O alerta foi dos próprios médicos, entretanto o autor do grito de guerra “Solta o bicho” segue com o vozeirão de sempre.

— Graças a Deus, a voz é a mesma. Estava preocupado, mas não estou mais. Os médicos falaram que, como eu iria perder massa, poderia mudar o timbre da minha voz. Mas o timbre continua a mesma coisa. Minha saúde em primeiro lugar e minha voz também — brinca Tinga.

A partir do mês que vem, o intérprete da Vila Isabel já vai estar liberado para praticar atividades físicas, o que vai acelerar ainda mais o processo de emagrecimento.

Para 2019, já é possível ouvir o cantor em todas as disputas das escolas de samba do Grupo Especial. Ele gravou sambas concorrentes em todas as agremiações que terão concurso para a próxima temporada.

Por -

Por Redação

Com todos os enredos do Grupo Especial definidos, as escolas começam agora a receber os sambas concorrentes. À exceção de Paraíso do Tuiuti, São Clemente, Grande Rio e Império de Serrano, que optaram por não fazer disputa e já encomendaram seus sambas-enredo a compositores, todas as demais agremiações já divulgaram o calendário da escolha da obra que vai ser cantada na Marquês de Sapucaí.

Pra você não ser pego de surpresa e marcar outro compromisso no dia e acabar perdendo alguma final, o Sambarazzo reuniu abaixo todas as datas. Anote na agenda!

A partir do mês que vem, escolas do Grupo Especial começam a escolher o samba-enredo de 2019 – Foto: Arquivo

São Clemente – 2 de setembro (a agremiação reeditará o samba de 1990 e fará festa neste dia)

Grande Rio – 22 de setembro (a escola de Caxias apresentará o samba encomendado neste dia)

Mocidade – 22 de setembro

Vila Isabel – 28 de setembro

Mangueira – 29 de setembro

Viradouro – 29 de setembro

Portela – 5 de outubro

União da Ilha – 6 de outubro

Salgueiro – 11 de outubro

Beija-Flor – 11 de outubro

Unidos da Tijuca – 13 de outubro

Imperatriz Leopoldinense – 15 de outubro

*Tuiuti e Império Serrano já apresentaram o samba-enredo de 2019 nas quadras.

**Foto de capa: Arquivo

Por -

Por Redação

O drama vivido pelas escolas da Série A, e também de outros Grupos de Acesso, talvez fosse pior sem a ajuda de agremiações do Grupo Especial. A Vila Isabel, por exemplo, doou parte de esculturas e material de confecção e adereços do último desfile para algumas delas.

Moisés acha importante ajudar escolas de samba dos Grupos de Acesso: “Passam muita dificuldade” – Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação

Integrante da comissão de carnaval da azul e branco, Moisés Carvalho revelou ao Sambarazzo que Cubango, Renascer de Jacarepaguá, Porto da Pedra, que sofreu um incêndio recentemente, Acadêmicos do Sossego, Unidos de Bangu, União do Parque Curicica (Série B), Unidos de Lucas (Série B), entre outras, já receberam ajuda da Vila para o Carnaval 2019.

– Essa iniciativa partiu do nosso presidente (Fernando Fernandes). Estamos fazendo essas doações até para escolas da Série D. Acho importante demais fazermos isso. Essas escolas passam por problemas financeiros, têm dificuldade pra captar recursos, a subvenção demora. Acaba que nossa ajuda serve como um pontapé para esses desfiles – argumenta Moisés.

Adereços, ferragens e alegorias fazem parte do material doado pela azul e branco – Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação

Sem estimar um valor, o diretor da Vila assegurou ainda que as doações fazem com que as agremiações consigam economizar no custo total do desfile, além de poderem apresentar um espetáculo de alto nível.

– Representa uma economia muito grande. Eles economizam na escultura que não vão precisar fazer. Tem a economia na ferragem também, em alguns casos. Por isso é importante essa troca, essa doação – conta.

Vila apresenta protótipos

No próximo dia 18, a escola do bairro de Noel Rosa apresentará as criações do carnavalesco Edson Pereira para o enredo “Em nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila canta a Cidade de Pedro”, sobre a cidade de Petrópolis. O evento será apenas para os componentes da escola.

Carnavalesco Edson Pereira mostra uma das criações para o Carnaval 2019 – Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação

Moisés ressaltou que a agremiação já está na fase de reprodução dos protótipos, sendo assim, estando adiantada para o desfile do ano que vem. Isso, de acordo com o diretor, acaba gerando uma economia de cerca de 30% no orçamento.

– Como escolhemos o enredo muito cedo, conseguimos nos adiantar. Já estamos fazendo a reprodução das fantasias, já estamos nas ferragens de algumas alegorias, madeirando outras. Começando cedo, conseguimos material mais barato, mão de obra mais barata – detalha Moisés.

*Foto de capa: Eduardo Hollanda / Divulgação

Por -

Por Redação

Desde março deste ano, a palavra de ordem na Vila Isabel é de Fernando Fernandes, de 54 anos, que passou a comandar a azul e branco após renúncia do ex-presidente Bernardo Bello.

Empresário do ramo imobiliário, Fernandes adotou nas dependências da escola o estilo que diz funcionar em seus empreendimentos pessoais, tendo como pilar o respeito aos funcionários, algo que, segundo ele, é pouco comum no Carnaval.

Sem citar nomes, em entrevista ao Sambarazzo ele não poupa críticas ao atual modelo de gestão da festa e, mesmo com pouco tempo sentado na cadeira de maior poder numa agremiação, gostaria que suas atitudes fossem um exemplo a seguir. E ainda compara alguns colegas com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o ex-agente da KGB famoso pelo perfil autoritário.

— Não admito ninguém gritando com ninguém, tem que tratar todo mundo com respeito. O que mais me incomoda no ambiente de carnaval é justamente isso, que as pessoas não se respeitam. Tem uns que querem aparecer mais que o outro. Tem uns presidentes que se acham o Putin. Isso não pode ser assim. Educação em primeiro lugar, sempre — afirma.

Presidente da Vila critica o comportamento de alguns dirigentes do Carnaval, os comparando com o presidente da Rússia, Vladimir Putin | Fotos: Eduardo Hollanda/Reprodução/Facebook da Unidos de Vila Isabel e Reprodução/en.kremlin.ru

 

Fantasias terão código de barras

Além da cordialidade com os empregados da Vila Isabel, Fernando Fernandes frisa que a preocupação se estende aos componentes da escola. Para 2019, um novo método de controle para retirada das fantasias será criado, de modo a facilitar a vida do folião. Quem for desfilar, segundo o dirigente, vai utilizar um sistema com código de barras pra ninguém passar aperto: os calçados terão o número correto dos pés do desfilante, assim como a fantasia de cada um será digitalmente identificada.

— Tem um mito no carnaval de que não entregam nada pronto. Aqui na Vila, vamos distribuir as fantasias já com o sapato, e tudo com um controle eficiente. Usaremos um leitor de código de barras e cada pessoa vai pegar a fantasia completa, sem precisar um dia pegar uma parte da roupa e num outro dia o sapato. E isso é simples de fazer. Vamos ter uma impressora que vai identificar a pessoa pelo número do CPF, que vai gerar o código de barras — garante.

Fernando Fernandes e o carnavalesco Edson Pereira posaram com a equipe e representantes de Petrópolis, enredo da escola pra 2019 | Foto: Eduardo Holanda

“Tenho uma vida boa, não ganho um centavo da Vila”

Ainda fazendo uma autoavaliação da administração até aqui, Fernandes aproveita para descartar a palavra crise do cenário carnavalesco. O empresário defende que a subvenção da Liesa, e a verba da TV Globo e da prefeitura, somando a isso a venda de ingressos para a Sapucaí, que totalizam algo em torno de R$ 7 milhões, são receitas mais que suficientes pra se executar um carnaval competitivo:

— Tudo é questão de organização. Já estamos com todo o material comprado, o que representa uma economia de 40%. Hoje, é uma nova Vila Isabel, é tudo organizado. Tenho uma vida boa, não ganho um centavo da Vila, não preciso.

Na Rússia, Vladimir Putin é o líder do país pela quarta vez e, se ficar até 2024 (considerando os anos em que foi primeiro-ministro) como prevê o mandato, completará 25 anos de poder. Na Vila Isabel, Fernando Fernandes se julga com perfil bem diferente do russo, mas vislumbra muito tempo no comando da escola de Martinho da Vila.

— Nasci em Vila Isabel, sou da escola há 9 anos, sempre fui diretor jurídico. E fui vice do Bernardo. Hoje, pra se candidatar aqui, dou 500 votos pra cada um, mas ninguém ganha. Porque tem que respeitar as pessoas – conclui.

Em 2019, a Vila Isabel vai homenagear a cidade de Petrópolis, tema patrocinado e que está sendo desenvolvido pelo carnavalesco Edson Pereira, campeão da Série A este ano, com a Unidos do Viradouro.

Por -
aa

Por Redação

Comandante da bateria da Vila Isabel desde fevereiro, Macaco Branco assumiu o posto ciente de que teria, até o Carnaval, de cumprir alguns compromissos que já estavam na agenda, além dos ensaios com os ritmistas. O músico tinha marcada, por exemplo, uma viagem para a Rússia, onde se apresenta nesta semana ao lado da cantora Mart’nália, que está numa turnê de curta duração pela atual sede da Copa do Mundo.

Integrante da equipe da artista desde criancinha, o responsável pela “Swingueira de Noel” manteve o o combinado e viajou na segunda passada, 2, para se apresentar ao lado dela. Mas, mestre dedicado, mesmo de longe fez questão de ficar ligado no ensaio do grupo que comanda na azul e branco e acompanhou o ensaio da terça, 3, via Whatsapp, numa ligação de vídeo que durou quase 50 minutos. Ao vivo, ele observou o desempenho dos 230 percussionistas que estão sob a batuta do músico.

— Achei importante saber como estavam as coisas e sentir a energia da galera. Fiquei muito orgulhoso porque vi todo mundo comprometido, ninguém deixou de ir ou foi embora antes do final do ensaio só porque eu estava ausente. Eu não tinha como desmarcar a viagem, mas fiz o possível pra não deixar de estar com eles — conta Macaco Branco, que embarcou para a Suíça na última segunda, 9, para dar continuidade à agenda de shows da filha de Martinho da Vila.

Macaco Branco, mestre de bateria da Vila Isabel, posa em frente à Catedral de São Basílio, na Rússia | Foto: Reprodução/Instagram

Além de comprovar a assiduidade da equipe, o sambista também aproveitou a ocasião para analisar friamente o resultado do trabalho dos últimos cinco meses.

— Consegui observar alguns aspectos técnicos de maneira externa e gostei do resultado, trouxe uma motivação a mais. Foi ótimo confirmar mais uma vez que a galera está envolvida com o projeto, independentemente de quem estava comandando o ensaio naquele momento — finalizou.

Leia mais!

Neymart’nália! ‘Morri de rir’, diz Mart’nália sobre comparações com Neymar

Por -

Por Redação

Prevista pra ficar internada até o final da semana no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, Alcione será substituída pelo cantor Dudu Nobre na feijoada da Unidos de Vila Isabel no próximo domingo, 8. A apresentação da cantora era bastante aguardada pelos moradores do bairro da Zona Norte do Rio, mas o show da artista será remarcado em outra data, conforme informou a equipe dela através de uma publicação nas redes sociais. O mesmo acontecerá com a apresentação que ela faria no Auditório Araújo Viana, em Porto Alegre.

Alcione está internada em São Paulo – Foto: Reprodução TV Globo

Além de Dudu Nobre, a Vila também buscou reforços convidando o Grupo Balacobaco para subir ao palco do evento. A programação da feijoada ainda inclui apresentações da Estação Primeira de Mangueira, da Velha Guarda Musical de Vila Isabel e da ala show da escola. Fora Marrom, o restante do setlist está mantido. A feijoada começará às 13h.

Dudu Nobre será atração da feijoada da Vila Isabel – Foto: Divulgação

Na última terça, 3, Alcione foi submetida a um cateterismo e uma angioplastia após ser internada com dores no peito. O quadro dela é estável. Em março, a sambista foi internada para operar uma catarata. Os cuidados com a saúde dela chegam poucos dias após o mundo do samba vibrar com a alta do cantor Arlindo Cruz, que voltou para casa após mais de um ano internado, pra seguir com o tratamento mais perto da família.

Por -

Por Redação

O bom humor é marca registrada de Mart’nália: sempre de sorriso largo no rosto, a cantora estourou em 2010 após lançar uma regravação de “Don’t worry, be happy”, do norte-americano Bobby McFerrin, e ficou cada vez mais conhecida pela maneira leve como leva e encara a vida. E foi assim, de forma descontraída, que a herdeira de Martinho da Vila recebeu as brincadeiras que rolaram na internet sobre o novo visual adotado pelo jogador Neymar para a estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia.

A partida contra a Suíça no último domingo, 17, gerou inúmeros memes que comparavam os cabelos de Neymar aos de Mart’nália. As montagens ganharam até apelido: “Neymart’nália”.

Memes tomaram conta das redes sociais durante a transmissão do jogo do Brasil – Foto: Reprodução Instagram

— Eu vi as brincadeiras e morri de rir. Não é a primeira vez, também já me compararam com um jogador colombiano que também tem cara de Mart’nália. Eu só espero que ele (Neymar) também tenha gostado da brincadeira — disse a artista ao Sambarazzo nesta segunda, 18.

Em uma das imagens, internautas lembram da escola de samba Vila Isabel – Foto: Reprodução Instagram

“Jogo roubado”, defende a cantora

Sem nunca ter conhecido o camisa 10 do time liderado por Tite, Mart’nália garante que só conhece sobre o jogador aquilo que todo mundo também fica sabendo através da mídia. Ainda que ela e Neymar não sejam tão próximos quanto a zoeira na web quer fazer parecer, Mart’nália garante que está na torcida pelo sucesso do craque.

Cantora afirmou que está na torcida pelo sucesso da seleção brasileira na Copa – Foto: Reprodução Instagram

— Foi um bom jogo. Roubado, mas bom. Digo isso por conta do gol da Suíça, que deveria ter sido anulado. Acredito que vá ser uma boa Copa pra Seleção. É difícil dizer com certeza (sobre a tão esperada conquista do hexa), mas quem sabe um segundo lugar? — arrisca a sambista.

Para a partida contra a Costa Rica na manhã da próxima sexta, 22, o namorado de Bruna Marquezine não deve usar o mesmo penteado do jogo de estreia. Segundo o Jornal Extra, Neymar já tá de cabelo novo.

*Foto de capa: Reprodução Instagram

Por -

Por Redação

Tunico da Vila vai ser papai de novo. O sambista, que tem quatro filhos e está morando no Espírito Santo com a mulher, a jornalista Déborah Sathler, revela que a companheira está grávida de oito semanas. O casal ainda não sabe o sexo da criança, mas já escolheu o nome que dará ao bebê.

– Se for menino, será Antunico. Se for menina, ainda estamos na dúvida entre Zacimba ou N’ginga (homenagem a duas rainhas angolanas) – revela o filho de Martinho da Vila.

Tunico ao lado de Monarco – Foto: Divulgação

O cantor também é só sorrisos porque ganhou o título de cidadão espírito-santense na última terça-feira, 5. A honraria foi concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo por Tunico levar importantes nomes do samba para o estado, como o próprio Martinho da Vila, Xande de Pilares, Dudu Nobre e Monarco.

– No próximo dia 13,  cantarei com a Mart’nália e dia 6 de julho com o Renato Teixeira, aqui em Vitória – conta o sambista.

*Foto de capa: Divulgação

Por -

Por Redação

Renovação de votos de artista tem que ser no palco. Foi o que fizeram Martinho da Vila e Cléo Ferreira ao escolher o teatro Clara Nunes, na Gávea, na Zona Sul do Rio, para realizar as bodas de prata do casal. A cerimônia rolou na última quinta-feira, 31, após a apresentação da peça musicada “Martinho da Vila 8.0 – Uma filosofia de vida”, em homenagem ao sambista, e contou com as bênçãos do padre Omar e do pastor Paulo Lima.

Martinho beija a esposa durante a cerimônia – Foto: Divulgação

– Na estreia do espetáculo, eu pensei em fazer algo simples após a apresentação e ela aceitou – revelou Martinho da Vila.

Para celebrar o momento especial, o casal usou a mesma roupa do casamento, de 25 anos atrás. A ideia também foi do sambista.

Alegria, Preto, Martinho, Analimar e Martinho Filho – Foto: Divulgação

Troca de alianças selou a celebração

Martinho e Cleo foram muito aplaudidos pelo público, familiares e amigos que lotaram o teatro. Os filhos, Alegria e Preto, foram os responsáveis por levar as alianças durante a cerimônia, que também teve direito a bolo feito especialmente para a ocasião.

Martinho e Cléo estão juntos há 25 anos – Foto: Divulgação

O espetáculo “Martinho da Vila 8.0 | Uma Filosofia de Vida” fica em cartaz até o dia 15 de julho, às sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 20h. O Teatro Clara Nunes fica no Shopping da Gávea, na Zona Sul carioca.

*Foto de capa: Divulgação

Por -

Por Redação

Aos poucos o Carnaval 2019 vai se desenhando com a divulgação dos enredos das escolas de samba. Na última sexta-feira, 25, a Mocidade Independente de Padre Miguel revelou que irá mostrar como o tempo está presente na vida do homem. Assim como ela, outras seis agremiações do Grupo Especial já lançaram o tema do ano que vem.

Listamos abaixo:

Mocidade – “Eu sou o tempo. Tempo é vida”, de Alexandre Louzada
Imperatriz Leopoldinense – “Me dá um dinheiro aí”, de Mário Monteiro e Kaká Monteiro
Paraíso do Tuiuti – “O salvador da pátria”, de Jack Vasconcelos
Viradouro – “Viraviradouro”, de Paulo Barros
Império Serrano – “O que é, o que é?”, de Paulo Menezes
Vila Isabel – “Em nome do Pai, do Filho e dos Santos, a Vila canta a Cidade de Pedro”, de Edson Pereira
Portela – “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma Sabiá”, de Rosa Magalhães

Ainda faltam outras sete divulgarem (Mangueira, Unidos da Tijuca, Beija-Flor, São Clemente, Salgueiro, Grande Rio e União da Ilha).

Série A

Entre as agremiações do grupo de acesso, oito das 13 escolas já anunciaram o enredo de 2019. Na próxima terça-feira, 5, os dirigentes dessas escolas conhecerão o dia e a posição em que desfilarão. A Lierj (Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro) promove, na Cidade do Samba, o sorteio da ordem dos desfiles do grupo.

O primeiro dia de apresentações no Sambódromo contará com sete escolas na sexta-feira de Carnaval, 1º de março. A abertura será realizada pela atual campeã da Série B, a Unidos da Ponte, e com a Acadêmicos do Sossego, 13ª colocada na Série A em 2018, fechando inicialmente a data. Já no sábado, dia 2, quem abre é a Unidos de Bangu, que terminou o ano na 12ª posição, seguida por mais cinco coirmãs, que serão conhecidas através de sorteio.

Veja abaixo os enredos já divulgados da Série A:

Unidos da Ponte – “Oferendas”, de Rodrigo Marques e Guilherme Diniz
Acadêmicos do Sossego – “Não se meta com a minha fé. Acredito em quem quiser”, de Leandro Valente
Unidos de Bangu – “Do Ventre da Terra, raízes para o mundo”, de Edson Pereira e Alex de Oliveira
Rocinha – “Bananas para o preconceito”, de Júnior Pernambucano
Cubango – “Igbá Cubango – a alma das coisas e a arte dos milagres”, de Gabriel Haddad e Leonardo Bora
Porto da Pedra – “Antonio Pitanga, um negro em movimento”, de Jaime Cezário
Alegria da Zona Sul – “Saravá, Umbanda”, de Marcos Antonio Falleiros
Inocentes de Belford Roxo – “Com a boca na botija”, de Marcus Ferreira

Por -

Por Redação

A fertilidade definitivamente está em alta no Carnaval carioca. A mais nova grávida da praça é a porta-bandeira da União da Ilha do Governador, Dandara Ventapane. Apesar da barriga ainda pouco aparente, ela já está no quarto mês de gestação. Para curtir esse momento maternal, o Sambarazzo resolveu reunir algumas das futuras mamães carnavalescas para uma sessão de fotos na Cidade do Samba.
Dandara está no quarto mês de gravidez – Foto: Irapuã Jefferson
O papo entre elas, claro, foi praticamente só um: bebês. Mas a ala feminina do samba também aproveitou o encontro pra falar sobre a festa.
Dandara, que ainda não sabe o sexo do primeiro herdeiro, deve ter a criança até a primeira semana de novembro. Com os desfiles das escolas de samba marcados para março do ano que vem, ela planeja ensaiar a partir de janeiro.

– Estou passando por várias mudanças na minha vida. O ano de 2018 é realmente de mudanças. Quando comuniquei à Ilha (sobre a gravidez), já estava com todo o cronograma de ensaios na minha cabeça. Na próxima semana, vou começar uma preparação física. Quero já estar com a coreografia pronta antes do parto, mas só vou ensaiar mesmo em janeiro. Vou ter aí dois meses de ensaios – explica a neta de Martinho da Vila.

Tanto Jaçanã (à esquerda), Verônica (no meio) e Dandara planejam desfilar no ano que vem – Foto: Irapuã Jefferson
Verônica Lima, do Império Serrano, também pretende voltar aos ensaios logo um mês depois ver o bebê nascer. A porta-bandeira, que já é mãe de gêmeas, torce pra ter um menino em outubro.

– Atualmente, o nosso organismo precisa de um mês pra descansar após o parto. Então, em dezembro, já devo começar os ensaios. Essa gravidez foi uma surpresa pra mim. Estou torcendo pra ser um menino desta vez (risos) – aponta Verônica.

Verônica ainda não sabe qual sexo do bebê, mas torce por um menino – Foto: Irapuã Jefferson
Para Jaçanã Ribeiro, da Inocentes de Belford Roxo, a gravidez era esperada (e foi muito comemorada). Ela vai ter a segunda filha, que se chamará Isabel.

– No dia do desfile, senti que estava grávida. Fui confirmar dias depois. Como a Isabel vai nascer em outubro, em dezembro eu já devo estar de volta pra Inocentes. Quero levar minha bebê comigo, claro – entrega Jaçanã.

Annik e Priscilla contaram que estão planejando gravidez há dez anos – Foto: Irapuã Jefferson
Sala com berço
No quinto mês de gestação, a coreógrafa Priscilla Mota não quer desgrudar do primeiro filho de jeito nenhum. Ela e Rodrigo Negri assinaram um contrato com a Mangueira já incluindo uma sala para o casal. No espaço, além dos ensaios da comissão de frente, os dois pretendem cuidar da criança.

– Eu gosto de ficar aqui na Cidade do Samba. Gosto de passar o dia aqui. Então fechamos o contrato com essa sala, pra eu poder trazer meu filho pra cá – revela Priscilla, que brinca: – Castanheira (Jorge, presidente da Liesa), tem que montar uma creche na Cidade do Samba!

O “casal segredo”, como a dupla ficou conhecida, deve ver a tão desejada criança em setembro. O menino, que deu trabalho para ser descoberto, vai se chamar Davi.
Annik exibe o barrigão de seis meses – Foto: Irapuã Jefferson
Trabalho de casa
A carnavalesca da Unidos da Tijuca, Annik Salmon, vai para o sétimo mês de gravidez e se prepara para a chegada da Liz, que deve nascer em agosto. Ela planeja levar a menina para o trabalho durante a preparação para o Carnaval de 2019.

– Estava pensando nessa gravidez há muito tempo. Acho que, quando a vontade de ser mãe bate, não tem mais como controlar. Estou nessa expectativa da Liz nascer. Quanto ao trabalho, vou contar com a ajuda da comissão (formada por Helcio Paim, Fran-Sergio, Marcus Paulo e Laíla) e posso desenhar de casa também – explica Annik.

A rainha de bateria da Vila Isabel, Sabrina Sato, aguarda a chegada da primeira filha, ainda sem nome. A japa tem dividido com os fãs os principais momentos da gravidez. Sabrina também tem dito que continua no posto da azul e branco em 2019, conforme Dandara Oliveira confirmou ao Sambarazzo.
*Foto de capa: Irapuã Jeferson

Por -

Por Redação

Foi quase uma semana de caminhada, percorrendo cerca de 40 km por dia. Essa é a marca que ostenta, com orgulho e pés machucados, o integrante da comissão de carnaval da Vila Isabel, Moisés Carvalho. Ele fez, na companhia de amigos, uma peregrinação até a cidade de Aparecida, em São Paulo, onde fica o maior Santuário do mundo dedicado à Nossa Senhora Aparecida.

O diretor, que já apareceu aqui no Sambarazzo diversas vezes sendo homenageado pelo amigo Paulo Barros (atualmente na Viradouro), foi acompanhado de mais cinco pessoas, entre eles o irmão, Alan, que foi cumprir uma promessa.

A aventura rendeu cansaço físico, muitas bolhas nos pés de cada um dos peregrinos de primeira viagem, mas não deixou apenas rastros de dor: segundo Moisés, andar por dias seguidos em prol da fé significou uma lição de vida para os envolvidos.

Pé ficou cheio de bolha após peregrinação – Foto: Arquivo pessoal

Entre as lições aprendidas no “passeio”, aconteceu na cidade de Areias, no interior de São Paulo, quando uma senhora identificada como Dona Dulce recebeu o grupo em casa, mesmo sem conhecer nenhum deles. O gesto sensibilizou Moisés.

– A conclusão que eu tive foi de dar mais valor às pequenas coisas. Chegar num local onde ninguém nunca viu a gente, e ser recebido dentro de casa, lavarem nossa roupa, fazerem comida, massagem… Não estamos mais acostumados com isso, com a gentileza das pessoas – relembra, emocionado.

Diretor da Vila fez caminhada com irmão e amigos do Carnaval – Foto: Arquivo pessoal

O diretor ainda conta que o trajeto, que começou em Conservatória, no Rio de Janeiro, era feito por caminhadas de mais de 12 horas por dia. Eles acordavam sempre às 6h e só paravam de andar por volta das 19h. Depois de cada jornada, descansavam em hotéis, pousadas ou pensões.

– Só teve um dia que estava muito quente e era um caminho com muitas subidas que não conseguimos mais andar depois de 14h. Eu nunca tinha feito nada parecido. Não somos atletas. Acho que meu corpo está se recuperando até hoje – diz Moisés.

Moisés (de azul) pretende escrever um livro sobre a caminhada – Foto: Arquivo pessoal

Todo o sacrifício parece ter valido a pena. A viagem a pé foi tão significativa que o diretor planeja voltar a fazer a peregrinação e ainda quer lançar um livro sobre a “caminhada da fé”.

– A ideia foi fazer a peregrinação pra desapegar de telefone, do dia a dia mesmo. A gente poder conversar mais entre a gente. Coisa que não fazemos hoje em dia. Ou seja, era ficar longe do estresse e fazer coisas simples. Com certeza vou voltar a fazer, é uma experiência enriquecedora. Não tem preço que pague o que vivemos – conclui Moisés Carvalho, que retornou para casa renovado e com uma dose extra de fé.

*Foto de capa: Arquivo pessoal

Por -

Por Redação

O novo mestre de bateria da Vila Isabel, Macaco Branco, e a princesa da “Swingueira de Noel”, Dandara Oliveira, prometem muita sintonia em 2019. E não só por causa do ritmo que exibirão na Avenida. Os dois são casados há nove anos e vão protagonizar uma situação ao que tudo indica inédita na Sapucaí:

– Acho que nunca teve isso. Um mestre de bateria e a mulher dele ser a princesa. Está sendo muito legal pra gente porque somos crias da Vila. Nós dois saímos da Herdeiros da Vila (escola mirim) – conta Dandara, que segue para o segundo ano à frente da bateria da azul e branco.

Dandara beija Macaco Branco em feijoada – Foto: Eduardo Hollanda / Divulgação

O casal pra lá de conhecido entre os integrantes da agremiação já vem ensaiando junto, inclusive com direito a muito chamego. Dandara e Macaco tascaram um beijo apaixonado na frente dos amigos e colegas durante a última feijoada da Vila. A beldade compartilhou o momento nas redes sociais, e classificou o ato como “beijo de boa sorte”.

– Foi um beijo para passar energia positiva. No dia do desfile, tem que rolar também (risos). Temos um relacionamento como qualquer outro. Mas ciúmes não tem. Como nós somos do samba fica mais fácil entendermos os compromissos um do outro – frisa a princesa.

Dandara e Macaco Branco têm um filho juntos.

Sabrina Sato continua

Amiga particular da apresentadora, Dandara conversa com a rainha de bateria da Vila quase todos os dias. Sabrina, que enfrenta uma gravidez de risco – a apresentadora foi internada por causa de um descolamento ovular que causou hemorragia, mas já passa bem – espera a chegada da primeira herdeira para novembro. Com isso, a japa mais famosa do Brasil tem o reinado garantido pra 2019.

– Vem mais uma princesinha aí! A Sa (como Dandara chama a artista) já até me pediu para ensinar a filha dela a sambar (risos). Estou muito feliz por ela porque sei que ela queria muito ser mãe. Agora, ela estará sim na Avenida ano que vem – garante Dandara.

*foto da capa: Leo Cordeiro / Divulgação

Por -

Por Redação

Quem esteve com a Viradouro nas alas de comunidade no último Carnaval, contribuindo para a conquista do campeonato da Série A, e quiser estar com a escola na Avenida outra vez em 2019, deve se recadastrar a partir da próxima terça-feira, 15, e nas duas outras terças deste mês, dias 22 e 29. O recadastramento será na quadra da escola, das 19 às 22h. Os interessados devem levar duas fotos 3×4, além de originais e cópias do RG, CPF e comprovante de residência.

Alex Fab, que divide a direção de carnaval da Viradouro com Dudu Falcão, esclarece que futuramente serão abertas vagas para quem não desfilou na vermelho e branco este ano.

– Nesta primeira etapa, estamos priorizando os que já somaram com a gente, que se dedicaram, comparecendo aos ensaios, e que foram fundamentais na conquista do campeonato que garantiu nossa volta ao Grupo Especial. Assim que concluirmos o recadastramento, abriremos vagas para novos componentes – promete o dirigente.

O título do enredo da Viradouro para o próximo Carnaval é “Viraviradouro”, do carnavalesco Paulo Barros.

Vila também faz cadastro

Componentes cadastrados no ano passado e novos interessados em desfilar na azul e branco devem procurar a secretaria da quadra de segunda a sexta, de 10h às 19h, e entregar a documentação solicitada (RG, CPF e cópia do comprovante de residência + foto 3 x 4. Também é preciso pagar uma taxa de R$ 50).

A secretaria da quadra da Vila fica na Avenida Boulevard 28 de Setembro, 382, em Vila Isabel.

*foto da capa: Andre Redlich/Divulgação